rp_10-dicas-bloquear-malware-virus-site-falso_2014-03-07.png

10 dicas para bloquear malware, site e e-mail falsos e phishing

No mundo virtual, a ameaça criminosa pode vir de qualquer parte do planeta. Cidadãos brasileiros e latino-americanos aprenderam a se prevenir contra golpes praticados em seus países, mas […]

No mundo virtual, a ameaça criminosa pode vir de qualquer parte do planeta. Cidadãos brasileiros e latino-americanos aprenderam a se prevenir contra golpes praticados em seus países, mas agora a ameaça é global e você precisa ter certeza de que está fazendo tudo para proteger sua segurança online. Para PC ou smartphones e tablets, você pode contar com a ajuda do PSafe Suite e do PSafe Suite Android – conjunto de ferramentas capaz de detectar a exposição a conteúdos maliciosos e vírus durante sua navegação na Internet, te auxiliando nessa tarefa de proteção no dia a dia.

Alguns cuidados são imprescindíveis para garantir sua proteção digital. Veja se você já os adota quando usa seu smartphone ou PC.

  1. URL incorreta: hackers te direcionam para sites falsos para roubar informações. Se estiver no PC, passe o mouse sobre o link para ver a prévia da URL e confirmar se o endereço está correto. Você também pode usar o navegar PSafe Web, que faz a verificação para você. Se estiver no smartphone ou tablet, verifique o link prévio para fazer a confirmação.

  2. Pedido de informações confidenciais: seu banco ou qualquer outra empresa nunca irão solicitar acessos ou dados confidenciais por e-mail. Desconfie e apague sem ler.

  3. Domínios de e-mail: e-mails falsos normalmente utilizam nomes de empresas verdadeiras combinados com domínios gratuitos da Internet, como Yahoo, Gmail, Hotmail, entre outros. Verifique o endereço completo do remetente.

  4. Seu nome: bancos e empresas irão trata-lo pelo nome, nunca como cliente especial, de valor ou outro equivalente. Desconfie de elogios, estes contatos devem ser formais.

  5. Idioma: confira a ortografia e regras gramaticais do seu idioma. Sites e e-mails falsos muitas vezes vêm com erros dessa natureza.

  6. Senha falsa: teste uma senha que não seja a sua, sites falsos normalmente irão aceitar a informação que você fornecer. Abandone o endereço caso isso aconteça.

  7. Baixa resolução de imagens: má qualidade de logos e elementos gráficos em sites podem ser um indicativo de site falso.

  8. Conteúdo adulto: difícil encontrar tema que gere maior curiosidade que a pornografia. Navegue apenas por sites de sua confiança, respeitando as regras do seu país sobre o assunto.

  9. Conteúdo de famosos: celebridades do showbiz e política são alvos frequentes de criminosos nas redes sociais. Notícias falsas são plantadas para atrair cliques e compartilhamentos. Detrás desse post pode estar uma ferramenta para colecionar curtidas, espalhar malware e instalar aplicativos para roubar informações. Desconfie de notícias chocantes ou alarmistas e de fontes não conhecidas ou links incompletos. Você pode ir até o portal de notícias para confirmar se a notícia foi mesmo divulgada por aquele meio de comunicação, já que quem conseguiu o furo de reportagem não irá esconder isso de você.

  10. Mais importante: Pare e pense, na dúvida, não clique. Ou baixe logo o PSafe Suite e o PSafe Suite Android para navegar sem medo de contaminar seu PC,  smartphone e tablet com vírus que circulam livremente pelos tubos infectos da Internet.