100 vezes mais rápida, conexão Li-Fi pode suceder o Wi-Fi

Harald Haas, pesquisador alemão, é o inventor do Li-Fi, uma surpreendente tecnologia capaz de gerar transmissão de dados através da luz.

Se você acha os picos de velocidade da banda larga bons hoje, espere até saber que Harald Haas, um pesquisador alemão, descobriu o Li-Fi, uma tecnologia capaz de transmitir sinais de internet até 100 vezes mais rápidos, com mais eficiência e de maneira mais segura.

Li, como você deve ter imaginado, vem de light, ou luz, em inglês, e já dá o recado: tudo funciona com base em uma lâmpada LED, que pisca a uma velocidade imperceptível ao olho humano, distribuindo o sinal de internet pelo ambiente.

Em laboratório, o Li-Fi foi capaz de atingir a incrível marca de 224Gbps, o que significa poder baixar aproximadamente seis filmes 4K por segundo. Diversos testes práticos já estão em andamento em escritórios e ambientes corporativos, mas ainda longe do Brasil, na Europa. Lá, na prática, o Li-Fi atingiu a velocidade de 100Gbps — inferior à dos testes em laboratório, mas ainda surpreendente.

Limitações e possibilidades

Diferentemente do Wi-Fi, o Li-Fi não pode ultrapassar barreiras físicas como paredes. Claro, é um sinal transmitido pela luz, mas essa limitação também pode significar que vamos ter acesso a conexões menos vulneráveis, já que o sinal estará restrito a espaços bem definidos.

Além disso, a invenção seria capaz de solucionar alguns dos maiores problemas da conectividade sem fio hoje: aumentaria a capacidade de transmissão, pouparia parte da energia gasta para manter em funcionamento as mais de um bilhão de antenas de transmissão de sinais de rádio e aumentaria a disponibilidade de acesso, facilitando o acesso à internet em aviões, por exemplo.

Onde quer que haja luz, basta que seja instalado um microchip para que haja, também, transmissão de dados. Em resumo, a brilhante criação pode solucionar duas questões de uma só vez: iluminar e conectar.

Ficou curioso? Assista à fala de Harald Haas, inventor do Li-Fi, durante um evento do TEDGlobal (com legendas em português).