rp_redes-sociais-seguranca-antivirus_2014-04-02.jpg

5 dicas para aumentar sua segurança nas redes sociais

    Mesmo que as redes sociais tenham sido planejadas para promover a interação entre familiares, amigos e pessoas de confiança, a segurança nestes ambientes é fundamental. Proteger […]

 

 

Mesmo que as redes sociais tenham sido planejadas para promover a interação entre familiares, amigos e pessoas de confiança, a segurança nestes ambientes é fundamental. Proteger seus dados e sua privacidade tornou-se um assunto constante após as revelações de espionagem por parte da NSA.

Confira abaixo, cinco dicas para você ter certeza que está usando redes como Facebook, Twitter e Instagram com mais segurança:

1 – Compartilhe Menos:

Fotos e mais fotos da suas noites com os amigos podem ser desestimulantes  para potenciais empregadores e para recrutadores. Da mesma forma, nem todo mundo precisa ter conhecimento de detalhes pessoais da sua vida. Por isso, controlar quem pode ver suas publicações através das configurações de segurança da sua conta é fundamental. Explore estas opções, separe seus amigos por grupos e faça bom uso da mesma.

 

2 – Mantenha Estranhos à Distância:

Seja cuidadoso com as solicitações de amizade que você aceita. Aceitar um estranho em seu perfil pode dar brecha para que o mesmo tenha acesso a uma série de informações  pessoais, tais como telefone, datas de nascimento, locais que você costuma frequentar e dados que podem ser utilizados para espelhar sua identidade na internet afim de cometer crimes e atrair vítimas por meio de perfis fakes. Esteja sempre bem atento quanto isso

 

3 – Não Clique em Links Suspeitos:

Os criminosos sabem que as pessoas tendem  a clicar em links sedutores, tornando esse tipo de estratégia a mais popular entre quadrilhas e ladrões de dados. Antes de clicar em um link, certifique-se de que ele é legítimo e que não foi gerado automaticamente por outro contato que clicou nele e replicou a praga. Uma dica é sempre apontar o mouse em cima do link e verificar na barra de endereços pra onde o site está apontando, se a informação corresponde com o que é apresentado e se o post em questão não está marcando muitos amigos prometendo algo de muito fantasioso, como dinheiro fácil.

 

4 – Desconfie de Aplicativos:

Aplicativos usados em sites como o Facebook solicitam várias permissões para acessar suas informações. Alguns destes são esforços mal-velados para roubar suas informações e usá-las para fins maliciosos. Apenas conceda acesso a aplicativos que vêm de fornecedores legítimos.

 

5 – Evite Golpes de Phishing:

Só acesse as suas redes sociais digitando o endereço diretamente ou clicando nos favoritos que você criou. Muitos criminosos desenvolvem sites falsos com o mesmo layout dos originais. O intuito dos criminosos nestes casos é roubar senhas e informações financeiras. Além disso, não clique em links suspeitos de e-mails que deveriam fornecer acesso direto a sua conta. Usar um navegador com um bloqueador de pop-up embutido pode ajudar a impedir tentativas de phishing.