rp_ameacas-virtuais-atingem-100-das-grandes-empresas-2013_2014-01-30.jpg

Ameaças virtuais atingem 100% das grandes empresas em 2013

O ano de 2013 já terminou, mas muitos dados relativos a ele ainda são repassados. Recentemente, a informação que chocou foi a de que 100% das grandes empresas […]

O ano de 2013 já terminou, mas muitos dados relativos a ele ainda são repassados. Recentemente, a informação que chocou foi a de que 100% das grandes empresas do mundo sofreram ataques de ameaças virtuais. Tudo bem que a lista de grandes empresas chega a apenas 30. Mesmo assim, o dado revela um cenário de insegurança, que atinge companhias e usuários residenciais.

O dado foi apontado no Relatório Anual de Segurança produzido pela Cisco, empresa norte-americana.  Segundo a entidade, todas as 30 maiores empresas do mundo sofreram ataques de cibercriminosos através de conexões de redes com endereços usados por hackers ou com sites infectados por vírus e ameaças. Por outro lado, a Cisco também indicou que o número de avisos sobre possíveis ameaças aumentou 14%.

De acordo com o relatório, um dos motivos que aumentou a quantidade de ataques foi a mobilidade maior, ou seja, o acesso à internet através de dispositivos móveis. No caso das empresas, os ataques também foram facilitados devido ao acesso às redes corporativas através de smartphones e tablets.

Ações dos hackers

O relatório da Cisco trouxe mais detalhes interessantes sobre a segurança digital, mais especificamente sobre o modo de ataque dos hackers. Antes, os cibercriminosos aplicavam golpes atraindo suas vítimas para sites clonados ou falsos. Atualmente, o modo de atuação é muito mais difícil de ser detectado, já que os hackers infectam serviços e sites bastante comuns. Assim, o internauta é facilmente enganado, porque confia no site e acaba sendo vítima do golpe.