aplicativo-de-banco

Usar aplicativo de banco é seguro?

Saiba quão seguro é usar aplicativos de banco no celular e confira como aproveitar essa comodidade livre de riscos

Fila de banco para quê? A comodidade, facilidade de acesso e rapidez dos aplicativos de instituições financeiras caíram no gosto do brasileiro; tanto que se tornou o canal mais utilizado para operações bancárias, segundo a Febraban. Mas a questão é: usar um aplicativo de banco no celular é seguro?

Aplicativo de banco é seguro? É sim, mas…

De acordo com a equipe do DFNDR Lab, laboratório de segurança especializado no combate ao cibercrime, o sistema operacional do celular permite que a atividade dos aplicativos aconteça de forma isolada, assim um app não tem acesso aos dados do outro, o que dificulta a ação dos vírus. Além disso, para usar um aplicativo de banco especificamente, o correntista deve registar o seu celular em uma agência física.

Leia também: Novo golpe invade contas de banco e rouba dinheiro

Portanto, a arquitetura dos aplicativos somada aos mecanismos de segurança implementadas pelos bancos oferecem uma proteção importante ao usuário, tornando esse canal seguro sim. Mas, assim como a tecnologia adotada por esses apps evolui, a ação dos hackers também se desenvolve. Sem contar a insegurança da conexão e incidentes como perda e roubo do celular. Daí a importância de adotar medidas extras – e essenciais – para aumentar sua segurança ao usar a versão para smartphone do seu banco. Veja as recomendações dos especialistas do DFNDR Lab.

Como usar apps de banco no celular com segurança

Prefira usar o banco pelo aplicativo

Usar o aplicativo oficial do banco é mais seguro do que acessar a conta pelo navegador, tanto no celular quanto no computador, já que os recursos para atacar sites são muito mais comuns. E, como dito acima, a arquitetura de aplicativos por si só já dificulta a ação de vírus e hackers.

Use redes seguras

Ter uma conexão segura com a internet é essencial para acessar seu banco pelo celular. Redes Wi-Fi públicas/desconhecidas, como as do shopping, rodoviária ou restaurantes, são muito mais vulneráveis ao ataque de hackers. Dê preferência ao 3G e 4G quando usar seu app.

aplicativo-de-banco

Instale um antivírus no celular

Dê preferência para um antivírus de alto nível de eficácia capaz de impedir ataques de hackers e outros intrusos, como DFNDR Security – gratuito para Android – que conta com uma função exclusiva que faz verificações em tempo real dentro de aplicativos de mensagem, como WhatsApp, e envia alertas ao usuário sobre o nível de segurança de um link recebido dentro do próprio app.

Leia também: Como deixar seu celular protegido de hackers

Habilite o bloqueio de tela no celular

Sem o bloqueio de tela qualquer pessoa que pegue seu telefone pode abrir o app do banco e ver, se este não foi fechado corretamente, diversas informações, como seu saldo e últimas transações bancárias.

Não armazene informações no celular

Pode parecer prático tirar uma foto do cartão ou anotar o código de acesso no bloco de notas, mas é muito perigoso. Imagine se você é furtado ou algum hacker invade o seu celular? Todas as suas informações ficam acessíveis! Se você precisar de um lembrete, anote em um app de Cofre, com senha.

aplicativo-de-banco

Mantenha o app do banco e o sistema do celular em dia

Falhas de segurança são um prato cheio para hackers, que adoram explorar as deficiências das versões antigas do seus apps. Manter os aplicativos, assim como o sistema Android, atualizado garante as correções dessas falhas de segurança e evita que intrusos ataquem seu telefone.