rp_android-protect-antivirius-gratuito_2014-03-28.jpg

Bug do Android pode deixar celulares desprotegidos

  Pesquisadores da Universidade de Indiana, nos Estados Unidos, localizaram uma série de bugs nos dispositivos Android, capazes de atingir mais de um bilhão de aparelhos. O erro […]

 

Antívirus Android

Pesquisadores da Universidade de Indiana, nos Estados Unidos, localizaram uma série de bugs nos dispositivos Android, capazes de atingir mais de um bilhão de aparelhos. O erro foi nomeado de “Pileup” e ocorre durante as atualizações do sistema operacional.

 

No update do OS, diversos arquivos são removidos e reorganizados em outros locais, é neste momento que o “Pileup” pode alojar-se no smartphone abrindo o caminho para softwares maliciosos.  Assim, malwares conseguem acessar o celular disfarçados como arquivos de atualização. Esses vírus são capazes de modificar permissões, alterar configurações, desbloquear e até, compartilhar informações do usuário.

Um estudo completo e atualizado foi publicado pela universidade. O relatório afirma que o bug abre precedentes para que apps substituam os arquivos originais do Android. Essa programação é capaz de obrigar o proprietário do celular a reiniciar as configurações do aparelho com o objetivo de limpar o vírus.

A falha que afeta todas as versões do Android, seja ele puro ou não, ainda não dispõe de uma solução completa. O Google já se pronunciou sobre o estudo realizado pelos especialistas, afirmando que já estava ciente do problema, e que inclusive, já solucionou um dos seis bugs causadores do “Pileup”.

Enquanto os desenvolvedores trabalham em uma solução definitiva, especialistas em segurança recomendam que o dono de um celular Android tenha um antivírus atualizado em seu aparelho.