rp_china-cha-magro_2014-12-15-18-51-16.jpg

Come aqui, toma um chá: o segredo do corpo dos chineses

O resultado da empreitada do executivo da PSafe e o seu dia a dia na Ásia, você lê aqui no Blog, todas as segundas e quartas-feiras, às 19h.

A genética chinesa é algo que surpreende bastante os visitantes. Os chineses comem muito carboidrato! Em geral, as comidas são acompanhadas de arroz ou noodles (macarrão). O uso de carboidratos na culinária aqui é muito superior ao do Brasil e ao observado nos países anglo-saxões, mas, apesar disso, o corpo dos chineses é esbelto, quase não se vê gordos nas ruas. Talvez por terem metabolismo mais forte, acelerado, ou por comerem também muitas verduras e legumes. Ou alguma outra explicação divina, já que eles também não praticam exercícios físicos. Até hoje não conheci um chinês que se exercite com regularidade.

Sem contar que as comidas são extremamente gordurosas, arroz e macarrão são, muitas vezes, fritos. De uma forma geral, usa-se muito óleo.

A carne é outra questão peculiar. Como já tratado em outro post, como os cortes nobres têm mais gordura, não é difícil encontrar um prato com carne sendo 80% gordura e 20% carne. E a alta valorização do porco, carne também gordurosa.

Eu moro em um bairro com forte presença coreana e, por isso, no local come-se muito frango também. Mas, ainda, tudo sempre frito e muito gorduroso.

Nos restaurantes, eles pedem diversos pratos, mas comem pouco. É uma coisa estranha para quem no Brasil está acostumado a não deixar sobrar comida no prato. Aqui, tem-se muito desperdício de comida.

Outra questão que pode contribuir para manter o corpo em dia pode estar relacionada ao chá, eles tomam muita bebida quente. Até quando tomam água, é quente, fervendo. E aí, quando eu pergunto por que eles se mantém atléticos, ninguém sabe dizer, mas reforçam que comem pouca quantidade.

Funciona assim: pedem muita comida, banquete farto, comem pouco e tomam muito chá (verde, vermelho e branco). Só pode ser este o segredo do corpo esbelto oriental!

Sobhan Daliry

Meio paraibano meio iraniano. Fala Persa, Inglês, Português e Espanhol, mas terá que se virar no Mandarin, em Beijing. Diretor de Produto e empreendedor. Foi enviado para o outro lado do mundo com o desafio de montar o primeiro escritório da PSafe outside BraZil. O resultado desta empreitada e o dia a dia do executivo na Ásia, você lê aqui no Blog, todas as segundas e quartas-feiras, às 19h.