rp_taca-Copa_2014-06-23.jpg

Saiba como filtrar conteúdo indesejado na internet

Apesar de o Mundial ser um assunto muito comentado nas redes sociais, algumas pessoas não gostam. Aprenda aqui como bloquear essas referências.

Para quem não é fã de futebol fica muito difícil conseguir fugir do assunto, principalmente quando a Copa do Mundo é realizada aqui no Brasil. Seja nas ruas ou em casa, na televisão ou na internet, há pessoas comentando sobre as partidas e seus jogadores a todo momento.

Se você se encontra nesta situação, acompanhe abaixo algumas dicas de como evitar assuntos relacionados à Copa do Mundo enquanto estiver online.

Filtre conteúdos indesejados no Twitter

Com a valiosa ajuda do TweetDeck você poderá filtrar tweets com conteúdos indesejados na sua timeline, como a Copa do Mundo (World Cup), sem precisar parar de seguir os amigos. Para quem ainda não conhece, o TweetDeck é um programa que funciona com o navegador Google Chrome que permite publicar, acompanhar e gerenciar perfis no Twitter.

Entre os seus principais recursos estão o gerenciamento de múltiplas contas, o agendamento de posts e o Global Filter, que permite selecionar qualquer conteúdo indesejado. Basta acessar o site https://tweetdeck.twitter.com. E clicar na opção Settings no canto superior direito do aplicativo. A seguir escolha a opção Global Filter, onde você poderá filtrar os conteúdos das seguintes maneiras:

From people: Com esta opção é possível a filtragem de tweets provenientes de um ou vários usuários. O usuário deve inserir os nomes dos perfis sem ser obrigatório utilizar o @. Ex.: AnaClaraNogueira;

Containing words: Nesta opção o usuário tem a possibilidade de determinar termos/palavras que não queira na sua timeline. É possível usar uma palavra ou, até mesmo, expressão. Ex.: Copa do Mundo, Futebol, etc.;

From sources: Permite especificar de quais aplicativos o usuário não deseja ver os tweets. É uma ótima dica para quem não deseja visualizar os compartilhamentos de feeds ou imagens dos amigos. Ex.: Twitpic, Twitterfeed, etc.

Após a escolha da opção, o usuário deve salvar as configurações clicando em Save Settings. Com essa dica, utilizar o Twitter será uma experiência muito mais agradável para quem deseja fugir de assuntos indesejados.

 

Utilize o filtro em seu navegador

extensão do Google Chrome possibilita o bloqueio de resultados

O Personal Blocklist é uma extensão para Google Chrome e Psafe Internet que possibilita o bloqueio de sites indesejados nas buscas do Google. Com ele, o usuário poderá criar uma espécie de lista negra com os endereços que não deseja que sejam exibidos nos resultados das suas pesquisas.

Após ser instalado e ativo, o complemento exibe um botão ao lado da barra de endereços do navegador. A lista é criada a partir dos itens que o usuário deseja bloquear, o que pode ser feito de duas maneiras. A primeira delas serve para banir nomes de sites já selecionados e a segunda é realizada à medida que o usuário recebe os resultados no Google. Para montar uma lista manualmente, clique no ícone do complemento e utilize a opção Importar.

Este procedimento faz com que uma nova janela seja aberta. Ali, o usuário deve digitar os endereços que deseja bloquear. O formato para que eles sejam reconhecidos pela extensão é uma URL por linha, além de ser necessário o endereço completo (incluindo o http://www). Quando tudo estiver conforme o desejado, basta clicar na opção Importar.

Bloquear resultados a partir de uma busca é um processo mais simples, que funciona exclusivamente em pesquisas realizadas através do Google. Em cada uma das entradas exibidas, aparece uma nova alternativa, cujo nome é composto pela palavra Bloquear, seguida do domínio no qual foram encontrados os dados.

Para adicionar um site na lista de bloqueados, tudo o que o usuário precisa fazer é utilizar esse botão. Basta clicar nele para enviar o domínio diretamente para a lista negra.

Caso o usuário necessite excluir algum item ou editar o endereço, deve clicar no ícone do programa exibido na barra de ferramentas do navegador. Então, basta utilizar o botão referente à alternativa apresentada logo ao lado do site no qual o usuário deseja realizar as alterações.

Livre seu email de spams

Em toda conta de email há alguma opção de autofiltro que pode ser programado para impedir a entrada de certos tipos de mensagens.

No caso do Gmail, a melhor maneira de criar um filtro é clicar na seta para baixo ao lado da busca de pesquisas (imagem da lupa). O usuário deve digitar as palavras World Cup (Copa do Mundo) que, ao final, a pesquisa será transformada em um filtro.

Outra alternativa é clicar na imagem de uma engrenagem, selecionar a opção Configurações e depois clicar em Filtros. A segunda opção, além de permitir que o usuário crie novos filtros, possibilita que eles sejam editados ou excluídos pelo usuário. A seguir, são abertos oito campos na tela de pesquisa. Quanto mais dados adicionados, mais específico será o filtro.