rp_webley-stadium_2014-12-01-19-55-00.jpg

Como Londres está trabalhando para tornar Wembley o estádio mais conectado do mundo

Administração responsável pela majestosa arena pretende transformar o estádio no mais conectado do mundo. Entenda como.

Só quem já foi a uma grande partida sabe a frustração que é tirar uma foto não conseguir postar na hora. Esse tipo de situação, que é enfrentada sempre que você está em grandes espetáculos como shows e festivais, deve-se ao grande número de conexões realizadas no mesmo local.

Em fevereiro passado, a administração do emblemático estádio firmou uma parceria de seis anos com a EE, maior operadora de telefonia móvel do país. A ideia da empresa é transformar a arena (palco da final da Copa do Mundo de 1966) no estádio mais conectado do mundo. Assim, a empresa já instalou 12 antenas de telefonia no entorno do estádio, e agora, 99% das conexões realizadas no local são concretizadas.

Em poucos meses, a EE conseguiu dobrar a velocidade média de conexão do 3G e do 4G. Mas o plano vai muito mais além! O objetivo é oferecer 400 megabytes antes de 2016. Essa velocidade e cobertura garante que o torcedor possa acessar todas as facilidades do aplicativo oficial do estádio que inclui um sistema de pagamentos para produtos comprados no seu interior.

Mas o que mais chama atenção é a armação de 228 luzes LED instaladas no arco do estádio. Essas luzes são capazes de mudar a cor seguindo a vibração da torcida. Com o projeto, Londres pretende transformar a arena em um complexo conectado e que seja exemplo para qualquer estádio no mundo.