rp_pin_2014-10-27.jpg

Como manter o Android seguro

Veja dicas para deixar o seu celular Android livre de ameaças digitais.

Bloquear o smartphone com senha é a forma mais simples e básica de se proteger contra o roubo de dados. Neste post analisaremos todas as formas de bloqueio de um smartphone Android. Saiba quais são os mais seguros e por que é tão essencial o uso do PSafe Total. Confira!

Código Pin

Uma das formas mais simples de bloqueio que o Android permite é a inserção do código Pin. O método, que utiliza de 4 a 16 números, é bastante útil para liberar os aparelhos da forma mais rápida possível, porém para se tornar seguro recomenda-se a utilização de pelo menos oito dígitos o que pode ser um problema para quem tem memória fraca.

Desenho Padrão de Desbloqueio

Este é um dos métodos queridinhos da grande maioria dos usuários do Android, muito por conta da praticidade e da fácil utilização. São de quatro a nove pontos que podem se interligar em várias combinações. São quase um milhão de possibilidades, o que torna o Desenho Padrão de Desbloqueio considerado bastante seguro. Ele também é mais fácil de lembrar do que o código Pin, já que lida com gestos e desenhos. O único problema é que na tela do dispositivo pode ficar a sequência do desenho marcada, ocasionada pela gordura do dedo com o display touchscreen. Algum engraçadinho pode colocar o aparelho contra luz e identificar a sequência.

Senha alfanumérica

Menos utilizada do que os dois métodos anteriores, a Senha Alfanumérica esbarra no mesmo problema do código Pin, porém com um ponto a favor. Para torná-la segura recomenda-se no mínimo oito caracteres, o que pode ser difícil de lembrar, mas é mais segura por ter que combinar números e letras.

Reconhecimento facial

Desde a versão Ice Cream Sandwich o Android permite o reconhecimento facial como forma de desbloquear o aparelho. O recurso permite utilizar a câmera frontal do dispositivo para que o seu dono faça uma 'selfie' que servirá de parâmetro para desbloquear o dispositivo. O grande problema deste método está na luz ambiente. Se você estiver em um local muito escuro vai ser uma verdadeira luta para conseguir fazer com que o recurso funcione corretamente.

Knock Code

Apesar de o Android ter bons recursos de bloqueio, alguns fabricantes desenvolvem métodos próprios, como a LG e o seu Knock Code. O desbloqueio exclusivo da sul-coreana divide a tela em quatro quadrantes e permite de dois a oito toques o que dá em torno de 86 mil combinações diferentes. Pode parecer pouco se comparado ao Desenho Padrão de Bloqueio, mas a segurança do Knock Code está no desbloqueio com a tela desligada, o que é quase imperceptível, além de não deixar rastros.

Biometria

Este sem dúvida é o método mais seguro para desbloquear o aparelho – e o mais prático também. Não há nada mais simples do que correr o dedo em cima do botão home e o aparelho já está pronto para uso. O único problema – que talvez nem possa ser considerado um – é que poucos smartphones têm o recurso.

Psafe Total

Apesar de o Android ter métodos de segurança bastante úteis, ele ainda pode dar brechas para bisbilhoteiros. Por isso, é sempre bom ter uma proteção adicional, como o PSafe Total para Android. Além de manter o dispositivo seguro contra o ataque de vírus, ele tem a função cofre, que bloqueia arquivos e aplicativos por um código pessoal.

E você, qual método de segurança está usando no smartphone Android?