rp_ios-to-android_2014-06-03.jpg

Cansou do IOS? Saiba como migrar para o Android de maneira prática

Se você está cansando do sistema IOS, aprenda a migrar para o Android em cinco passos. Confira neste post.

Não perca nenhum dado ao mudar do iPhone para um aparelho com Android

Nos últimos anos muitos donos de iPhone pensaram e migraram do dispositivos da maça para um robozinho verde, seja por questões financeiras, profissionais ou de simples troca de plataforma. O problema que existe um consenso absoluto de que a migração entre os sistemas é algo muito complicado. Hoje vamos ensinar como você pode fazer essa mudança do modo mais prático possível.

Passo 1 – Configure o seu Android

Depois de adquirir o Android, faça tudo que um usuário comum faria no aparelho. Conecte-se a um Wi-Fi, faça login com sua conta Google e na Google Play Store. Aproveite para fazer o download de todos os apps essenciais para o seu uso, já que não há como transferir os aplicativos pagos ou gratuitos entre os sistemas.

Certifique-se de estar com a versão mais atualizada do Android para o seu aparelho. Uma vez que seu novo celular está em ordem. Chegou a hora de iniciar a migração.

Passo 2 – Configurando o iPhone para não perder nenhum dado

Certifique-se de que você está com a última versão do iOS instalada e que seu Gmail está configurado com o app que pode ser baixado na App Store.

Agora veja no iCloud se o seu iPhone está configurado para salvar os contatos com backup. Ainda no menu, em “Configurações/Mensagens” e desligue o iMessage. Essa ação é fundamental para continuar a receber SMS de amigos que usam o iPhone.

No app do Gmail, selecione as configurações e habilite a sincronização dos contatos. Isso vai agregar seus contatos do Gmail com o número do celular. Por último, confira se o seu iPhone está completamente sincronizado com a sua conta no iTunes.

Passo 3 – O computador como intermediário

Baixe suas fotos do iPhone para o computador, transfira as imagens do iPhone para o smartphone Android. Outra forma de fazer essa transferência é habilitado o upload de imagens no aplicativo do Google+. Agora, faça o backup dos seus contatos e baixe o Gerenciador de Músicas do Google. Esse programa vai fazer o download de suas músicas do iTunes para a nuvem do Google, lembrando que o iPhone precisa estar completamente sincronizado para não perder uma música.

Passo 4 – Concluindo a mudança

Chegou a hora da verdade! Desligue os aparelhos, retire o chip SIM do seu iPhone e insira no Android. Pode ser que o seu aparelho exija um adaptador de nano-SIM para micro-SIM, procure saber qual é o padrão utilizado pelo seu novo aparelho Android antes.

Ligue o aparelho Android e pronto! Está tudo certo e no seu devido lugar, contatos sincronizados, fotos, músicas e dados.

Passo 5 – Acostumando-se ao novo mundo

Migrar de um sistema para o outro nunca é uma tarefa simples de acostumar. É provável que você sinta muita dificuldade no início, mas aqui vão umas dicas que podem te ajudar a tornar o processo menos desgastante.

– A interface não costuma dar dor de cabeça ao novo usuário Android, mesmo assim, caso você sinta muita dificuldade na adaptação, baixar um launcher pode ser uma boa opção. Na Google Play você pode encontrar muitos, incluindo alguns que imitam a interface do iOS.

– A liberdade de edição do Android é algo incrível, mas ela pode abrir brechas à cibercriminosos. Por isso, uma ferramenta de proteção contra vírus é fundamental no mundo do robô verde. Faça o download de um bom antivírus e mantenha seus dados livres de hackers.

– O Android tem quase todos os mesmos aplicativos que o iOS. Mesmo aquele app que não tem versão para Android, costuma ter um ‘genérico’ na Google Play Store. Lembre-se sempre de baixar seus aplicativos somente na loja oficial do Google. Ela garante muito mais segurança ao seu aparelho.

– O Find My iPhone é um item mais do que necessário no aparelho da Apple. Por isso, manter essa degurança é fundamental no Android. O mesmo tem opções nativas no sistema e aplicativos como o Psafe Total, capaz de rastrear seu aparelho, bloquear o celular remotamente e apagar todos os seus dados como medida de proteção.

No final das contas, você só vai precisar de um pouco de paciência para descobrir todas as funções do seu novo aparelho. Mas certamente, você não vai se arrepender da sua escolha.