rp_xiamomi-logotipo_2014-12-03-14-34-09.jpg

Sem preconceito: conheça alguns gadgets da Xiaomi

Conheça os produtos da chinesa Xiaomi,chinesa que já é a terceira maior fabricante de celulares do mundo.

Produtos chineses sempre causaram receio nos consumidores brasileiros. Os xing-lings, expressão usada para caracterizar aparelhos de baixa qualidade e geralmente piratas, são o maior exemplo disso. A Xiaomi, empresa com sede em Pequim, está disposta a mudar este conceito. Com gadgets de ponta e preços agressivos, a compania criada em 2010 ja é a terceira colocada em venda de smartphones no mundo, desbancando gigantes como LG e Motorola. Conheça alguns dispositivos da empresa que deve chegar em breve ao Brasil.

Mi 4

O smartphone top da Xiaomi tem como destaques um hardware de dar inveja, uma tela surpreendente e o MIUI, interface do Android exclusiva da empresa. O display IPS de 5 polegadas tem uma ótima resolução: 1920 x 1080 pixels. O aparelho conta com um processador Snapdragon 801 quad-core de 2.5GHz, GPU Adreno 330, 3GB de RAM e 64GB de armazenamento interno, sem possibilidade de expansão por cartão SD.

A câmera é outro ponto forte do aparelho. A traseira possui 13 megapixels e tira fotos com resolução de até 4128 x 3096 pixels, possui flash de led duplo e estabilização digital, com capacidade de gravar vídeos em 4K. A câmera dianteira possui 8 megapixels, mais que suficiente para tirar selfies incríveis. A bateria de 3.080mAh deixa para trás até mesmo outros concorrentes, como o iPhone 6 (1810mAH) e Galaxy S5 (2800mAH).

O preço é de cerca de US$ 405 (R$ 1.050 em conversão direta).

Redmi 1S

 

Aparelho com configuração mais modesta, tem como atrativo o custo benefício. O Redmi 1S vem com processador quad-core de 1.6GHz, GPU Adreno 305, 1GB de RAM e 8GB de armazenamento, com capacidade de expansão até 64GB. A tela IPS de 4,7 polegadas tem resolução de 1280 x 720 pixels. O aparelho conta ainda com câmera traseira de 8 megapixels e frontal de 1.6 megapixels, capacidades para dois chips e sistema operacional Android com inferface MIUI.

O preço, cerca de US$ 160 (R$ 410 em conversão direta), faz do Redmi 1S forte concorrente para o Zenfone 5 e do Moto G.

Redmi Note

Redmi Note é o phablet da Xiaomi. Com tela gigante de 5,5 polegadas tem resolução de 1280 x 720 pixels com 267ppi de densidade. O dispositivo conta com um processador octa-core de 1.7GHz, 2GB de RAM e 8GB de capacidade de armazenamento, com possibilidade de expansão até 32GB por microSD. O Redmi Note vem ainda com câmera traseira de 13 megapixels e frontal de 5 megapixels e bateria de 3.100mAH, além do Android com interface MIUI.

O preço é de aproximadamente US$ 129 (R$ 330 em conversão direta).

Onde comprar os celulares da Xiaomi no Brasil?

A Xiaomi já tem um escritório no Brasil, mas ainda não começou a comercializar os seus aparelhos por aqui. Mesmo que você não tenha nenhum amigo passeando pela China para trazer um de presente, ainda assim é possível adquirir os gadget da empresa. A principal forma é por sites de importação como DealExtreme e AliExpress, mas a encomenda pode demarar alguns meses até chegar. Já no Mercado Livre é possível encontrar alguns aparelhos para pronta entrega.