rp_luxury-cars-garage_2014-10-15.jpg

Conheça os milionários que mais ostentam no Instagram

Eles são ricos, sempre estão em evidência e gostam de ostentar seu status no Instagram. Conheço os milionários ostentadores da rede.

Andar pelas ruas com carrões inacessíveis à maioria da população mundial, usar joias caras, frequentar as melhores festas e eventos. Tudo isso não basta para quem quer ostentar riqueza. Hoje, é preciso mostrar a todo o mundo. E é isso o que fazem muitos milionários por meio de suas contas no Instagram, que se transformaram em vitrines para esses personagens.

O problema é que a exibição constante de riqueza na rede pode despertar a fúria de algumas pessoas, que muitas vezes perdem o controle com insultos ou até mesmo agressões mais diretas. Conheça agora algumas dessas pessoas e um pouco de suas personalidades. 

Lord Aleem

A história de Aleem Iqbal, de 19 anos, é um exemplo de como a violência chegou a um ponto alarmante contra quem ostenta na internet. O britânico, que possuir quase 200 mil seguidores no Instagram teve quatro carros de luxo incendiados em junho de 2014. Somados, valiam cerca de R$ 2 milhões.

Até hoje não ficou claro se os atos de vandalismo foram motivados pela ostentação do jovem na internet. Mas, no dia 7 de junho, ele publicou no Twitter: "Inveja é uma doença séria".

Segundo o jornal “Telegraph”, o primeiro ataque foi em 6 de junho, quando puseram fogo em uma Lamborghini Aventador Roadster, estacionada em frente a uma casa em Luton (Bedfordshire, Reino Unido). O carro está avaliado em 340 mil libras (cerca de R$ 1,27 milhão).

Uma semana depois da ação, mais três carros foram queimados na empresa de aluguel de veículos de luxo seu pai, a Platinum Executive Travel, que fica em Yardley (Birmingham). Os dois Audi R8 Spyder e um Bentley Flying Spur valem, somados, cerca de 200 mil libras (R$ 748,4 mil).

Dan Bilzerian

Mulheres nuas, montanhas de dólares, armas, barcos, aviões. Essa é a rotina do jogador de pôquer Dan Bilzerian apresentada a todos no Instagram. O milionário viu a sua fama crescer aos poucos na rede social, conforme suas publicações iam dando o que falar. Hoje, são mais de um milhão de seguidores ávidos pela próxima fotografia exagerada. O perfil do americano acabou lhe rendendo o título de “maior playboy do Instagram”.

Depois de virar militar, mas acabar chutado, ele fez universidade, foi à falência, e da queda tirou forças para conseguir virar o milionário que é hoje.

Quando questionado sobre seu estilo de vida, Dan responde: “Estou sendo eu mesmo. Muita gente quer dinheiro para ter poder e respeito. Mas, no fim das contas, dinheiro é liberdade. Se você tem muito dinheiro, você faz a porra que quiser, ninguém pode te dizer o que fazer”.

Marcus Adolf

Antes mesmo de completar 17 anos de vida, Marcus Adolf já dirigia sua BMW X3 para passar o verão nos Hamptons, em Nova York, nos Estados Unidos. O adolescente também sacou seu cartão de crédito American Express Black para fazer umas comprinhas na Saks, em São Francisco. "Hora das compras", disse o menino. Tudo isso também é exibido diariamente na rede. 

O titular de um cartão como esse tem, em média, US$ 16 milhões em ativos e uma renda familiar anual de US$ 1,3 milhão, segundo o Wall Street Journal. Adolf também adora exibir sua coleção de relógios Rolex e não é o único.

Lorenzo Carvalho

Lorenzo Carvalho nasceu em Goiânia, no Brasil, mas é em Portugal que ele vive e exibe sua riqueza nas redes sociais. Filho de uma família com negócios nas pedras preciosas e cosmética, ele chamou a atenção dos portugueses e do mundo quando gastou mais de 300 mil euros numa festa de aniversário, que tinha como convidada a atriz Pamela Anderson.

Também deu o que falar a polêmica entrevista dada por Lorenzo a uma TV portuguesa. A entrevistadora Judite de Souza questionou o jovem sobre o fato de gastar tanto em meio a crise financeira que atinge a Europa, fazendo um verdadeiro interrogatório. Assista

Recentemente, porém, Lorenzo vem enfrentando dificuldades criadas pela própria extravagância, como publicou este ano na internet.

“Caros fãs e amigos, escrevo este post para partilhar com todos vocês a minha angústia e depressão. Nos últimos meses, a minha situação financeira foi muito difícil. Não soube gerir bem os meus rendimentos e acabei por ficar a dever centenas de milhares de euros aos meus funcionários, parceiros e fornecedores”, explicou, apesar de não demonstrar tal crise em sua conta no Instagram, onde continua ostentando riqueza. 

Rich Kids Of Tehran

Um perfil iraniano no Instagram tem sido alvo de polêmica em 2014. De acordo com o site Mashable, a conta já teve seu acesso bloqueado no país, que tem um dos governos mais conservadores do mundo.

A conta “Rich Kids Of Tehran” tem como objetivo retratar o estilo de vida luxuoso da elite na capital do Irã, Teerã, mas teve pouco tempo de duração. O perfil publicou sua primeira foto no início do mês de setembro. Em outubro, contava com mais de 100 mil seguidores e tinha como suas as imagens mais frequentes cenas de festas, carros importados e relógios elegantes.

Não se sabe quem são as pessoas que alimentam o perfil, tampouco é possível dizer se todas as imagens foram registradas em solo iraniano.

Val Machiori

No Brasil, uma das “contas ostentações” mais famosas é a da socialite Val Marchiori. Ela já teve o nome no Serasa, comprou fiado, foi consultora de produtos de beleza porta a porta e, hoje, Val Marchiori esbanja.

Em seu apartamento de 900 metros quadrados, avaliado em R$ 14 milhões, ela guarda uma coleção com cerca de 500 bolsas Louis Vuitton, desfila por entre os cômodos seus looks assinados por Roberto Cavalli, Versace, Chanel, Louboutin, e, na hora de sair, tira da garagem seu Porsche Cayenne.

Val nunca escondeu que tem mais de 20 funcionários em suas três residências, em São Paulo, Londrina e Angra dos Reis, inclusive um maquiador à sua disposição 24 horas por dia. Ela também não poupa. Já afirmou em entrevista que chegou a gastar a bolada de R$ 75 mil em numa tarde de compras.

Alexander de Almeida, o Rei do Camarote

Em 2013, poucas pessoas deram mais o que falar do que o empresário Alexander de Almeida, que ficou nacionalmente conhecido como o “Rei do Camarote” após uma entrevista da revista Veja São Paulo. Nela, Alexander aparecia ostentando riqueza com carrões e contas altas em festas pela capital da cidade.

O vídeo que mostra o luxo da vida do personagem logo se transformou em sucesso na internet e gerou muita polêmica. Reportagens surgiam afirmando que a matéria da Veja poderia ser uma armação, e que Alexander não passava de um “pobre coitado”. O que foi negado tanto por ele quanto pela revista, que garante a autenticidade da história.

O fato é que ele abriu as discussões no Brasil sobre o que mostrar ou não a todos quando se tem muito dinheiro. Isso porque o próprio Alexander reclamou de assédio e perseguições após toda a polêmica. Relembre a reportagem

Site une perfis de milionários exibicionistas

O site "Rich Kids of Instagram" (crianças ricas do Instagram) está fazendo um grande sucesso ao reunir fotos postadas por jovens que esbanjam na internet suas riquezas. Em seus perfis no Instagram, esses usuários sambam na cara da sociedade exibindo aviões, carros, relógios, maços de dinheiro, joias e diversos outros itens de luxo. Lá você conhece outros perfis de milionários e bilionários. 

Muitas vezes, eles mesmos usam em suas fotos a hashtag #rkoi, em referência ao site que mostrou ao mundo como é a vida regada a champanhe Dom Perignon.