indice-ip-tablet-resistencia

Conheça o índice IP e como é medida a resistência de um tablet

Você sabia que existem formas de medir a resistência dos tablets? Com o índice IP, você pode descobrir a eficiência seu aparelho é contra poeira e líquidos!

A resistência de um tablet é um fator determinante na hora de ir às compras. Afinal, ninguém quer comprar um equipamento que poderá, em poucos meses, apresentar mal funcionamento ou, até mesmo, se tornar inútil na primeira queda. Pensando nisso, a IEC (Comisão Internacional de Eletrotécnica) criou um índice para medir o nível de resistência de um aparelho eletrônico, chamado IP.

Mas, apesar de ser bastante importante e esclarecedor, o índice IP acaba sendo despercebido. Composto por três fatores, cada um se refere a um tipo de proteção diferente. O primeiro faz referência à resistência do aparelho em relação a partículas sólidas, o segundo é relacionado à resistência contra líquidos e o terceiro a impactos mecânicos. No entanto, as empresas, geralmente, acabam não informando a sua classificação em todos, já que é obrigatório apresentar apenas os resultados nos testes de resistência a resíduos sólidos e líquidos.

Mas vamos por partes. É importante saber que os números do índice não são aleatórios. Um tablet com classificação IP67, por exemplo, possui categoria “6” contra resíduos sólidos e “7” contra líquidos. Esses números e valores são todos tabelados e as empresas devem submeter os seus dispositivos a testes para receber a determinada classificação.

Com informações tabeladas, o índice informa a diferença entre um aparelho à prova d’água ou apenas resistente à ela. Confira a tabela:

Resíduos sólidos (1º Número)

  • 0 – sem proteção
  • 1- proteção contra partículas com diâmetro maior que 50 mm
  • 2- proteção contra partículas com diâmetro maior que 12,5 mm
  • 3- proteção contra partículas com diâmetro maior que 2,5 mm
  • 4- proteção contra partículas com diâmetro maior que 1 mm
  • 5- proteção parcial contra poeira, mas sem danos ao aparelho
  • 6- proteção total contra poeira

Líquidos (2º Número)

  • 0 – sem proteção
  • 1- proteção contra queda vertical de gotas
  • 2- proteção contra queda de gotas com ângulo de 15º
  • 3- proteção contra queda de gotas com ângulo de 60º
  • 4- proteção contra líquidos borrifados em qualquer direção
  • 5- proteção contra líquidos em forma de jato e em qualquer direção
  • 6- proteção contra maresia e jatos com pressão mais forte
  • 7- proteção contra imersão temporária
  • 8- proteção contra imersão prolongada (profundidade máxima de 1,5m e tempo de 30 minutos)

Como mencionado, o terceiro número é constantemente ignorado pelas empresas. Porém, ele indica a capacidade do aparelho de sofrer impactos mecânicos – informação que pode ser bastante valiosa em muitos casos.

Assim, de acordo com os números, um tablet com IP65 pode ser menos resistente a líquidos que um com IP57. Em contrapartida, ele será mais eficiente contra resíduos sólidos, sendo praticamente impenetrável. Essas informações todas devem ser levadas em consideração na hora de comprar um aparelho, já que elas podem definir se você poderá levar seu dispositivo para a praia ou na beira da psicina, por exemplo.

Gostou da dica? O que você mais precisa do seu tablet: resistência contra água ou poeira? Deixe sua opinião nos comentários!