www dominios

Conheça os domínios mais caros do mundo virtual

Veja a lista dos domínios mais caros em todo o mundo e entenda como isso impacta no seu negócio.

Mais importante que escolher um bom nome para uma empresa ou nova iniciativa é saber se o domínio na internet está livre para ser usado. De nada adianta investir tempo pensando na melhor nomenclatura para o seu novo negócio e depois descobrir que não tem dinheiro suficiente para pagar e utilizá-lo.

Mas também existe o outro lado da moeda. Prática comum ainda hoje na internet é a compra de diversos domínios para depois revendê-los e levantar uma grana, já que alguns empreendimentos simplesmente não podem abrir mão de certos nomes.

Seja por necessidade de investir no melhor endereço na internet, seja por vontade de entrar nesse ramo, veja os domínios mais caros do mundo virtual e decida se vale mesmo a pena comprá-lo ou se você se interesse a começar a comprar alguns nomes na rede www para tentar ficar rico no futuro. Pode ser um bom negócio.

Lista dos endereços mais caros da internet

Mesmo que alguns nomes sejam universais, a lista dos domínios mais caros do mundo é encabeçada por nomes em inglês e não é só por causa da cotação do dólar está nas alturas. É também por conta desses nomes registrarem o maior volume de buscas no Google, claro.

  1. Vocationrentals.com: vendido em 2007 por US$ 35 milhões.
  2. PrivateJet.com: vendido em 2012 por US$ 30,2 milhões.
  3. Insure.com: vendido em 2009 por US$ 16 milhões.
  4. Sex.com: foi parar no livro dos récordes ou ser comprado por US$ 13 milhões em 2010.
  5. Fund.com: US$ 9,9 milhões (2008).
  6. Porn.com: US$ 9,5 milhões (2007).
  7. Fb.com: US$ 8,5 milhões (2010).
  8. Porno.com: US$ 8,9 milhões (2015).
  9. Z.com: US$ 6,8 milhões (2014).
  10. Diamond.com: US$ 7,5 milhões (2006).

Ainda entre os 20 mais caros, temos: Casino.com (US$ 5,5 milhões), Slots.com (US$ 5,5 milhões), Toys.com (US$ 5,1 milhões), Clothes.com (US$ 5 milhões), Medicare.com (US$ 4,8 milhões), IG.com (US$ 4,7 milhões), Icloud.com (US$ 4,5 milhões), Whisky.com (US$ 3,1 milhões), MI.com (US$ 3,6 milhões), Candy.com (US$ 3 milhões).