Conheça três estilos de jogabilidade presentes em tablets

Já percebeu como existem estilos de jogo diferente nos games para tablets? Confira os três principais tipos de jogabilidade e suas características!

Na hora de escolher um game novo, um dos aspectos que a maioria dos jogadores leva em consideração é a jogabilidade. Jogos simples e de comandos responsivos superam, muitas vezes, aqueles mais complexos e difíceis de se adaptar. Nesse meio, alguns estilos de jogabilidade se destacam por serem recorrentes em diversos jogos diferentes. Conheça três estilos bastante comuns e as características de cada um deles.

Point and click

Provavelmente sendo o mais popular entre os jogos gratuitos, o estilo “Point and click” (“Apontar e clicar”, na tradução literal) ganhou força com a chegada dos touchscreens. Com ele, o jogador só precisa tocar em pontos diferentes da tela para executar ações. O estilo é derivado do tipo de jogabilidade presente em grande parte dos jogos de computador, que podiam ser controlados apenas com o mouse.

Os games de estratégia em tempo real, RPGs de ação e puzzles são os mais comuns a apresentarem esse estilo de comando. A principal vantagem é justamente a sua simplicidade: você nunca executa algo inesperado, basta tocar no que deseja e interagir. São exemplos do “Point and click” jogos como Where’s My Water 2, Clash of Kings e Fallout Shelter.

Deslizar e tocar

Apesar de ser um pouco semelhante ao item anterior, esse estilo merece uma categoria própria devido à sua crescente popularização nos últimos anos. Impulsionada por títulos como Temple Run, essa fórmula se popularizou em jogos de corrida infinita e plataforma. Por meio dela, o personagem principal está em constante movimento e o papel do usuário é desviá-lo de obstáculos pelo caminho e alterar sua rota para recolher itens. Ao deslizar para os lados, ele se movimenta na direção escolhida e, ao tocar sobre a tela, ele pula. A partida acaba quando o jogador morre e o objetivo principal é o recorde da pontuação acumulada.

Esse tipo de comando resgatou clássicos dos consoles e os adaptou para os dispositivos móveis – principalmente, alguns jogos famosos de plataforma. Alguns exemplos são Looney Tunes Dash, Crazy Taxi City Rush e Banana Kong.

Botões

Uma das primeiras soluções apresentadas para games em dispositivos móveis foi a transferência do estilo de comando dos consoles para esses aparelhos. Logo, os controles foram copiados na tela dos tablets e smartphones e, para executar uma função dentro do jogo, os usuários foram obrigados a interagir com botões virtuais. Essa jogabilidade parece antiquada, mas encontrou seu espaço dentro do mercado de games.

Com a possibilidade de acessórios físicos para melhorar a experiência de jogos em tablets, os tradicionais “botões” herdados dos consoles se dão bem em jogos de ação, aventura e esportes. Eles são ideais para títulos que possuem movimentos complexos e trazem mais autonomia ao usuário no resultado das ações. Praticamente todos os gêneros podem ser adaptados para essa jogabilidade e, por isso, ela ainda figura entre as três principais. Jogos como Marvel Future Fight, Blitz Brigade e Reaper são bons exemplos de comandos por botões que funcionam bem em tablets.

Gostou? Com qual tipo de controles você prefere jogar seus games no tablet? Deixe sua opinião nos comentários!