Dança da manivela: conexão lenta aumenta o estresse, diz estudo

Sites que demoram a carregar elevam a impaciência e irritação do usuário e a ciência comprovou isso.

Quando carregar fotos no Facebook fica difícil, abrir vídeos do WhatsApp é quase impossível e os áudios não carregam nem por um decreto, sinal de que a coisa fica complicada mesmo. Sem falar no Netflix que avisa sobre sua conexão ou até o famoso dinossauro do Google que aparece para terminar com o dia de uma vez. Internet lenta é o nome dessa doença e tem dias que não há mal que cure esse problema.

O pior é que não dá para colocar Bombril na antena, nem fazer qualquer simpatia. Só mesmo um pacote de dados maior para solucionar essa questão. Nada mais frustrante, certo?! O nervosismo só vai piorando e o estresse ficando cada vez maior.

Leia também: Facebook ajuda conexões lentas.

Por este motivo a ciência comprovou que quando a velocidade da internet não colabora e a conexão do celular é ruim o nível de estresse se iguala a sensação de ver um filme de terror bem assustador. Os batimentos cardíacos podem aumentar em até 38% quando os vídeos não carregam, por exemplo.

Se você quiser testar a qualidade da sua internet abra o PSafe Total e use o Wifi Check. A ferramenta ajuda a verificar a qualidade, segurança e velocidade da sua conexão.

Quer ver o estudo completo? Clique aqui e confira.