rp_pc-computador_2014-09-02.jpg

Dicas para formatar computador

Aprenda como formatar você mesmo o seu computador e não perder nenhum dado

Com o passar do tempo e com o uso intensivo, é normal que o computador comece a apresentar erros e ficar lento. Antes de pensar em formatar o computador, o usuário pode se valer de opções menos drásticas que podem resolver o problema, e recorrer às ferramentas de otimização para melhorar o desempenho, como desfragmentar o disco, passar antivírus em todo o PC e mantê-lo atualizado sempre. Além disto, o usuário pode remover muitos arquivos e programas, que ocupam espaço e sobrecarregam o sistema, e fazer a limpeza da memória RAM. Outra medida menos drástica e que manterá os arquivos intactos é restaurar ou reparar o Windows para um ponto anterior, podendo resolver o problema.

Entretanto, se mesmo assim a lentidão persistir, a medida mais extrema é formatar a máquina. Zerar o computador, certamente, o tornará mais rápido, uma vez que a ação apaga todos os arquivos e deixa a máquina muito leve. Após a formatação, tudo deve rodar em maior velocidade, uma vez que o usuário se livra de arquivos e programas velhos, pesados e inúteis. Alguns softwares e aplicativos, o usuário nem sabe que está instalado, já que vêm embutidos em outros programas. Um benefício que permitirá que o equipamento também fique mais seguro, já que todos os tipos de malware e vírus que estejam infectando a máquina serão deletados.

Por outro lado, ao formatar o PC, o usuário deve estar ciente de que terá um trabalho considerável. Zerar a máquina o fará perder todos os arquivos. Reconfigurá-la e reinstalar programas e drivers são tarefas que demandam bastante tempo.

Separamos algumas dicas para facilitar a vida de quem decidir formatar o computador:

Faça backup

Antes de formatar o PC, alguns cuidados devem ser tomados. O principal deles é pegar um HD externo e salvar tudo o que for mais necessário, como fotos e vídeos pessoais, além de arquivos profissionais. Salve todos de forma organizada em pastas e subpastas para facilitar o acesso posterior. Jogos, filmes e músicas podem ser baixados de novo. Programas também precisam ser instalados novamente.

Fazer upgrade

Se o objetivo realmente é tornar o computador mais rápido, este pode ser um bom momento para acrescentar uma memória RAM ou uma SSD e trocar a placa de vídeo por uma mais potente. Algumas vezes, fazer este tipo de upgrade pode gerar conflitos com programas que estejam instalados na máquina.

Baixe alguns drivers antes

É aconselhável antes de formatar o PC baixar alguns drivers que são mais importantes, como de rede e vídeo. Basta visitar o site do fabricante e fazer o download da versão mais atualizada do driver do produto. Fazendo isso antecipadamente, o usuário garante que não será surpreendido por ficar sem acesso à internet nem com a máquina muito lenta, por conta do mau funcionamento da placa de vídeo. Para descobrir quais as suas placas de vídeo e rede no Windows 8, vá em Configurações> Painel de Controle> Sistema e Segurança> Sistema. Clique em Gerenciador de Dispositivos e acesse Adaptadores de Vídeo e Adaptadores de Rede.

Realizar a formação do computador no Windows 8 se tornou um procedimento muito mais simples do que nas versões anteriores. Basta seguir o passo a passo abaixo:

Passo 1: Desloque o mouse para o lado direito da tela até aparece a aba de opções. No canto inferior, selecione “Configurações”;

Passo 2: Na aba seguinte, serão exibidas as configurações básicas do sistema. Selecione no canto inferior a última opção “Mudar configurações do computador”;

Passo 3: Será aberta uma tela com as configurações. No menu do lado esquerdo, selecione “Geral”. Em seguida, serão apresentadas as opções no lado direito da tela, role para baixo até encontrar a opção “Remover tudo e reinstalar o Windows”. Clique em “Introdução”;

Passo 4: Depois, apenas siga as instruções que serão mostradas. O usuário pode optar por apagar os dados rapidamente ou completamente. A primeira opção manterá alguns arquivos que poderão ser restaurados com uso de um software. A segunda alternativa formatará completamente o computador, o que fará o procedimento ser mais demorado e impossibilitará a restauração de qualquer arquivo;