facebook-hackeado (2)

Confira 6 dicas para não ter seu Facebook hackeado

Facebook hackeado é coisa do passado. Veja dicas sobre como proteger sua conta de criminosos e hackers e navegue na internet com total segurança

Com golpes e fraudes se tornando cada vez mais frequentes, ter o Facebook hackeado é uma preocupação de todos que possuem conta ativa na rede social. Com mais de 1,90 bilhões de usuários cadastrados, é bastante comum ver pessoas reclamando que a sua conta foi roubada ou invadida por hackers.

O time de segurança do DFNDR, principal aplicativo antivírus do Brasil, separou dicas para você não ter o Facebook hackeado:

Use senhas fortes e diferentes para cada serviço ou plataforma que utiliza

O primeiro passo para não ter seu Facebook hackeado é criar uma boa senha.

  • Use códigos alfanuméricos, símbolos e alterne as letras em maiúsculas e minúsculas;
  • Dê preferência para códigos mais longos de, pelo menos, 8 caracteres;
  • Evite combinações previsíveis, como data de aniversário ou número de telefone;
  • Não use algarismos em sequência;
  • Troque sua senha a cada 30 dias ou sempre que achar necessário;
  • Utilize senhas diferentes para cada conta, como e-mail e redes sociais. Dessa forma, caso ocorra vazamento de uma senha, as outras não serão impactadas.

Leia mais: Aprenda a criar senhas seguras e protegidas

Evite aceitar solicitações de amizade de desconhecidos

Antes de aceitar um perfil desconhecido como amigo em sua conta, verifique se existem fotos atuais, interações ou publicações recentes e amigos em comum. É comum que perfis falsos adicionem pessoas para ter acesso total a todo conteúdo da vítima. Use funções de privacidade do Facebook, restringindo seu perfil apenas para amigos, evitando o modo público.

Verifique os links antes de clicar

Muitos links maliciosos são criados por hackers para tentar enganar você. Geralmente, esses falsos endereços anunciam grandes promoções, vagas de emprego ou oferecem brindes de lojas famosas. Tenha cuidado! Antes de clicar em um link, verifique se ele é verdadeiro: faça uma busca em sites como o Google e confira com o amigo que compartilhou se não se trata de vírus.

Leia mais: Golpe de hackers promete emprego na Coca Cola

Tenha um antivírus instalado no celular e no computador

Por possuir bilhões de usuários na rede, o Facebook é muito visado pelos criminosos e hackers. Por isso, mantenha um bom antivírus instalado em seu computador e no telefone, que irá detectar e remover possíveis ameaças do seu aparelho ou desktop. Para o celular, recomendamos o antivírus para Android DFNDR, que é gratuito e garante mais proteção para você navegar seguro.

Ative notificações de login e monitore suas sessões ativas

Receba um alerta toda vez que alguém tentar fazer um login através de um dispositivo ou navegador diferente do habitual. Esses alertas dizem em qual dispositivo o login foi feito e onde está localizado. Para ativar esse recurso, basta abrir o Facebook, ir nas Configurações da sua conta > Receba alertas sobre logins não reconhecidos > Editar. Depois de escolher onde deseja receber os alertas, clique em Salvar alterações e pronto.

Não se conecte em telefones ou computadores desconhecidos

Não adianta manter seu celular ou computador 100% seguros e protegidos se você acabar entrando na sua conta do Facebook numa lan-house ou qualquer lugar desconhecido que possa estar infectado com vírus ou com vários kayloggers, que são programas para gravar tudo que uma pessoa digita, como senhas e dados bancários. Por isso, utilize apenas dispositivos confiáveis para navegar e evite dor de cabeça depois.