rp_fraude-online_2014-09-12.jpg

E-commerce: fraudes somaram mais de R$ 35 milhões em 2013

Veja onde os criminosos costumam agir e conheça os sites que você deve evitar

Compra online é uma das formas preferidas por fraudadores de cartão de crédito. O produto mais comprado na internet por esses criminosos são os jogos de videogame. As informações são da ClearSale, empresa especializada em evitar fraudes em e-commerce.

A forma mais comum para evitar este tipo de fraude é manter em sigilo as informações do cartão de crédito. De acordo com a pesquisa, a cada mil tentativas de compra de games na internet, 71 são frutos de roubo de dados de cartão de crédito. Em média, cada compra fraudulenta na web tem um gasto de R$ 830. Apenas em 2013, foram registrados mais de R$ 35 milhões.

Completam a lista de produtos preferidos pelos criminosos, os smartphones e equipamentos de informática, como peças de computador.

Maior prejuízo é do vendedor

É evidente que a burocracia causada por uma compra indevida é um problema para os consumidores. Entretanto, apesar do estresse, ainda sim é possível cobrar da administradora o dinheiro que foi gasto pelos criminosos. E o lojista é quem arca com o prejuízo.

Como se prevenir

Passe a desconfiar se começar a receber e-mails com confirmações de compra que não foram realizadas;

– Evite deixar o cartão de crédito fora do seu alcance. Em alguns casos, os próprios funcionários das lojas são os responsáveis pelo roubo das informações;

– Desconfie de qualquer irregularidade em caixas eletrônicos;

– Não compre em sites desconhecidos. O Procon mantém uma lista negra de sites que precisam ser evitados. Outra forma é verificar a reputação da loja online no Reclame Aqui e no Ebit;

– Baixe o PSafe Total e mantenha seu computador livre de ameaças, como vírus e keyloggers;

– Baixe o PSafe Internet e navegue na web livre de sites de phishing.