emergentes mais conectados

Países emergentes estão cada vez mais conectados

Pesquisa revela que uso da internet e de smartphones segue crescendo entre as economias em desenvolvimento; Brasil é destaque

O número de pessoas que usam a internet e que tem um smartphone subiu de 45%, em 2013, para 54%, em 2015, nos países emergentes e em desenvolvimento, de acordo com um estudo da Pew Research Central.

A maior parte desse aumento vem de grandes economias emergentes, e quem está entre elas? Sim, o Brasil mesmo. Por aqui, 60% da população afirmam usar internet pelo menos ocasionalmente ou ter um smartphone. Na China, o número vai a 65%, e na Malásia, a 68%.

Leia também:
Pacote de dados limitam a banda larga no Brasil
Por que a realidade virtual necessita de redes 5G?

Como comparação,  cerca de 87% usa a internet nos 11 países desenvolvidos considerados na pesquisa, incluindo os EUA e Canadá, as principais nações da Europa Ocidental, as nações desenvolvidas do Pacífico (Austrália, Japão e Coreia do Sul) e Israel.

Para o estudo foram entrevistados, no total,  mais de 45 mil pessoas de 40 países ao redor do mundo. Desses 40 países, cerca de três quartos dos usuários de internet adultos usam a internet pelo menos uma vez ao dia, com maiorias em muitos países afirmando que acessam a web “várias vezes ao dia”.

On-line, 76% usam as redes sociais, como Facebook e Twitter. De novo, os números impressionam entre os emergentes. Cerca de três quartos de usuários de internet no Oriente Médio (86%) , América Latina (82%) e África (76%) usam redes sociais,  em comparação a 71%, nos EUA, e 65%, em seis países europeus.