Empresas brasileiras apresentam inovações tecnológicas

No ano passado, o embaixador e professor da Singularity University, Salim Ismail, disse que o próximo Steve Jobs poderá sair do Brasil. A declaração causou certa polêmica, mas […]

escritorio[

No ano passado, o embaixador e professor da Singularity University, Salim Ismail, disse que o próximo Steve Jobs poderá sair do Brasil. A declaração causou certa polêmica, mas o fato é que empresas tupiniquins têm investido cada vez mais em tecnologia, criando softwares e ferramentas inovadoras. São sistemas que vão da contagem de passageiros em ônibus à melhoria de compartilhamento de arquivos entre celulares.

A São Paulo Tansporte (SPTrans), por exemplo, está desenvolvendo um contador de passageiros. É um pequeno aparelho instalado sobre as portas de entrada e saída dos coletivos, que terá a função de registrar e remeter dados para uma central da empresa. A partir disso, a Prefeitura de São Paulo poderá socorrer, em tempo real, os itinerários que estiverem lotados.

A empresa espera que o sistema esteja concluído até o fim de 2015. Além do contador, os veículos terão novidades como letreiro interno para indicar a parada em que o ônibus se encontra (e a próxima a ser alcançada), modem para conexão wi-fi dos passageiros e câmeras de monitoramento.

Integração com o Google Glass

Já a Totvs criou um sistema de integração com o Google Glass por meio da Fluig, plataforma de colaboração da companhia. Dentro desse conceito, já é possível enviar qualquer notificação ou informação dos sistemas de gestão de uma empresa para os óculos do Google.

Com o Google Glass e o acesso a informações em tempo real, um funcionário pode, por exemplo, seguir a sugestão de rotas mais apropriadas para a localização de produtos e agilizar o processo logístico por meio de recursos como a leitura automática do código de barras daquele item, com a vantagem de estar com as mãos livres.

Integração com o Windows

A Apek, fornecedora de tecnologia touchscreen de sensoriamento óptico, apresentou em 2014 a primeira Windows Touch TV do mundo. Chamado de Maxpad, o equipamento permitirá ao usuário manipular o conteúdo de vídeos provenientes de receptores de TV Digital, TV a Cabo e TV via Satélite.

A Maxpad é a primeira "TV-Computador" com tecnologia touchscreen acima de 27 polegadas a ser comercializada no varejo. Um dos diferenciais da televisão é o software Touch TV, que possibilita ao usuário assistir, pesquisar, editar e compartilhar (via e-mail ou Facebook) qualquer conteúdo dos receptores de TV que estiverem conectados à Maxpad.

Melhor compartilhamento entre celulares

Outro bom exemplo é a empresa NearBytes. A startup carioca já acumula dezenas de prêmios, por conta de uma invenção capaz de alterar radicalmente a forma com que nossos dispositivos eletrônicos se comunicam entre si.

Na ideia inicial, a equipe estava criando um álbum de figurinhas digitais e precisava encontrar uma forma de permitir que os colecionadores compartilhassem selos por intermédio de celulares. O Bluetooth, o NFC e o infravermelho não satisfizeram as necessidades do projeto.

Foi quando surgiu a ideia de transmitir dados codificados em ondas sonoras, projeto que permitiria a interação até mesmo entre dispositivos móveis mais antigos e acessíveis, já que qualquer celular possui microfone e alto-falante.

Em 2013, o primeiro SDK do NearBytes foi disponibilizado para os sistemas iOS e Android, com o objetivo de incentivar o desenvolvimento de soluções que utilizassem a plataforma. Hoje, a empresa já conta com mais de 600 desenvolvedores cadastrados em todo o mundo.

Ajuda aos empreendedores

A também a brasileira Cake desenvolveu um sistema online homônimo de gestão empresarial (ERP) voltado especialmente para startups que não possuem recursos para lidar com softwares mais tradicionais.

O aplicativo é completamente baseado em uma interface web e permite controlar as finanças, gerenciar vendas, conferir estoques e observar relatórios automáticos detalhados da empresa. Um algoritmo ainda é capaz de analisar informações sobre o negócio do usuário e dar dicas de como geri-lo da melhor forma possível.

 

Aplicativos resultam em prêmios

Já Bonuu desenvolveu um serviço que se baseia em aplicativos disponíveis gratuitamente para dispositivos móveis (Android e iOS), através dos quais é possível acumular pontos em restaurantes, cafés e outros estabelecimentos que estejam devidamente cadastrados no sistema de digitalização dos cartões de fidelidade.

Quanto mais você consome produtos nesses locais, mais pontos ganha e, eventualmente, poderá usar sua fidelidade para adquirir prêmios ou brindes diversos.

Cartão inteligente

O banco Santander no Brasil, por sua vez, lançou um cartão voltado para o público universitário, que permite o pagamento por aproximação, sem a necessidade de digitação de senhas.

Criado em parceria com a operadora de cartões MasterCard,  permite pagamentos de até R$ 50 na função débito pela tecnologia de aproximação e pode ser usado ainda nas funções burocráticas da universidade, como acesso em portarias e cadastro em bibliotecas.