Desempenho Android

O que atrapalha o desempenho do Android com o tempo

São muitos os fatores para a perde de desempenho do Android, mas é possível organizar seu aparelho para não perder tanto com o tempo. Veja!

Os usuários de aparelhos Android já sabem que após algum tempo de uso a performance dele não é mais a mesma; ele começa a demorar mais para carregar os aplicativos e para realizar funções simples.

O motivo disso é que ele é parecido com um computador. Quando novo, a memória está limpa, sem dados nem aplicações, mas com o tempo você vai utilizando e guardando arquivos que às vezes só estão ocupando espaço. Isso pesa no sistema, pois além da memória, também tem o consumo de bateria e do pacote de dados. Aplicativos para personalizar o dispositivo, como papal de parede animado e tempo, também pesam no desempenho.

O que mais consome energia:

  1. Vídeos

Vídeo

Aplicativos de streaming de filmes como Youtube e Netflix aceleram o consumo de bateria. Além disso, também tem a rede de dados; de 10min a 15min de vídeo por dia pode gastar um plano mensal de 1GB.

  1. Música

musica

Assim como os de vídeo, os serviços de streaming de música também utilizam bastante da bateria e dados. 1h diária de uso consome, em média, 2GB de dados por mês. Além de que as músicas sincronizadas ocupam espaço na memória do celular.

  1. Redes Sociais

rede social

Esses são os grandes vilões. Pesquisas já mostraram que para utilizá-los é pedido muito da bateria e do pacote de dados. Também tem o cache, que pesa na memória. Tudo isso diminui a velocidade do telefone.

  1. Jogos

jogos

Assim como as redes sociais, os jogos precisam de espaço, bateria e dados para rodar. Se forem com gráficos 3D e/ou necessitarem de conexão com a internet, tenha a certeza que seu pacote e sua bateria se esgotarão mais rápido.

  1. Chat com vídeo

Chat em vídeo

Apesar de muito práticas, as conversas por vídeo via celular consomem muito do desempenho do aparelho. Por isso é interessante limitar o uso do vídeo em aplicativos como Skype ou Hangouts. Em celulares a melhor saída são as conversas por áudio ou texto.