Facebook cria rede social para concorrer com LinkedIn

O Facebook at Work será o novo concorrente do LinkedIn para atender o mercado corporativo.

O monopólio das redes sociais foi instaurado. Depois de comprar o Instagram por 1 bilhão de dólares e também garantir o WhatsApp por mais de 22 bilhões. A rede social de Mark Zuckerberg quer se estabilizar no ambiente corporativo.

O empresário anunciou que lançará o Facebook at Work, ferramenta para relacionamentos empresariais que se assemelha ao LinkedIn.

Por que o LinkedIn?

Lançado em 2003, nos Estados Unidos, o LinkedIn é a principal rede social de negócios utilizada por profissionais. O site conta com 347 milhões de usuários em mais de 200 países. Atualmente a página tem 21.4 milhões de acessos só nos Estados Unidos.

Visando esta audiência o Facebook lançará sua página para profissionais e empresas. Cada vez mais o mercado corporativo utiliza a internet para recrutar e se relacionar com pessoas. O que torna muito mais rentável ter um website que atenda esta demanda.

O Facebook at Work será uma mistura de LinkedIn com Yammer, famosa rede social de recursos humanos. Não há ligação dos perfis no novo site com o perfil do usuário que já utiliza o Facebook tradicional. Zuckerberg, inicialmente, não possui projetos para anúncios mas, como sempre, a rede social tende a crescer e inovar.