vulnerabilidade-servidor-google-seguranca

Falha na segurança da Google App Engine expõe servidores da Google

Com a vulnerabilidade na proteção da Google App Engine, hackers poderiam acessar outras partes dos servidores e afetar serviços da empresa

Uma falha na segurança da Google App Engine está deixando os servidores da Google expostos a ataques. Pelo menos é isso que Adam Gowdiak, CEO da empresa polonesa Security Explorations, reportou em suas pesquisas. Segundo Gowdiak, existem sete vulnerabilidades na plataforma da Google que poderiam ser exploradas por hackers para atingir níveis mais restritos dos servidores da gigante de tecnologia, podendo até afetar outros serviços prestados por ela.

Contextualizando um pouco mais, a Google App Engine é a plataforma online em que desenvolvedores podem desenvolver e hospedar seus aplicativos. Ela é gratuita e qualquer um pode ter acesso, desde que tenha comprovado que possui um domínio sobre sua marca ou crie um junto ao Google para comprovar.

A partir das falhas encontradas nesta plataforma, hackers poderiam executar códigos maliciosos para passar pela primeira camada de proteção desse sistema. E, assim, acessar áreas restritas dos servidores da Google. Isso poderia colocar em risco a segurança de informações sobre os demais serviços da Google (Gmail, Google+, Google Drive, etc…) e de seus usuários.

Entretanto, a empresa diz que ainda não devemos nos preocupar. Procurado para comentar o caso, um porta-voz se limitou a dizer que a Google encontrou falhas na segurança da Google App Engine e está trabalhando em formas de consertá-las, sem que o usuário precise se envolver no processo.