header_pt_2408_instagramers_da_depressao

Fotos do Instagram podem ajudar no diagnóstico de depressão

Já pensou que suas fotos podem revelar muito sobre como você está se sentindo? Confira

Todos nós sabemos o quanto nossas redes sociais podem falar sobre quem nós somos e o que fazemos. Mas você já parou para pensar que elas podem também dizer sobre como nos sentimos? De acordo com um estudo de pesquisadores das universidades de Harvard e Vermont, o Instagram pode ser uma importante ferramenta para diagnosticar pessoas com depressão.

Leia mais: Instagram para negócios chega ao Brasil

O estudo levou em conta o perfil de 116 usuários com mais de 43 mil fotos ao total. A partir daí, foram analisados diferentes componentes nas fotos para conseguir estatísticas suficientes que conseguir um diagnóstico mais apurado. Entre as variáveis analisadas estavam o filtro utilizado nas fotos, cor, presença de rostos e elementos das imagens.

Segundo os pesquisadores, o sistema conseguiu uma impressionante precisão de 70% no diagnóstico de usuários deprimidos. Para se ter uma ideia, os profissionais humanos acertam esse tipo de diagnóstico em apenas 42% dos casos, segundo 118 estudos realizados previamente. Além disso, pessoas nas ruas foram entrevistadas e tiveram que elencar as fotos de 1 a 5 quanto ao nível de felicidade, tristeza, potencial de curtidas e capacidade de interessar, para ajudar a aperfeiçoar ainda mais o sistema.

Interessante, não é mesmo? Você consegue perceber oscilações de humor pelas fotos postadas por outras pessoas? Conte para a gente em nossos comentários!