rp_cloud-personal-computer_2014-06-11.jpg

Futuro da tecnologia terá o conceito de “cloud pessoal”

Conheça o cloud pessoal, um conceito de navega;áo em nuvem

Se você acompanha o blog da PSafe sabe o que é o conceito de computação em nuvem. A cloud computing já está implantada e é adotada por várias empresas, entre elas, a PSafe, que utiliza a tecnologia para fazer dos seus programas (PSafe Antivirus, PSafe Busca Segura, PSafe Turbo e PSafe LockBox) mais rápidos, leves e para os deixar sempre atualizados. O PSafe LockBox, especificamente, é um serviço de backup online que utiliza a computação em nuvem para salvar com segurança os arquivos dos seus usuários.

No entanto, este conceito que a PSafe trouxe ao Brasil tende a aumentar no futuro e a expectativa é que todos tenham uma “cloud pessoal”, ou seja, uma nuvem própria que vai conseguir integrar os documentos e informações de tablets, notebooks e smartphones. Especialistas também apostam que o modo de pagamento para salvar os arquivos será diferente, de acordo com o uso.

No entanto, alguns comportamentos ainda devem ser modificados para que se atinja esse modelo.

 

Mudanças

A tecnologia da computação em nuvem está apenas começando no Brasil e muitos usuários ainda têm receio de utilizá-la. Isso acontece muito porque as pessoas têm dificuldade de entender o que é a nuvem. A nuvem é um ambiente virtual, no qual os arquivos são guardados. Os internautas que têm uma conta no backup online PSafe LockBox, por exemplo, salvam seus arquivos nos servidores da PSafe. Esta é a nuvem.

A expectativa é que este conceito seja ampliado ao mesmo tempo em que os serviços tornam-se cada vez mais fáceis de serem executados e mais baratos. A eficiência, por isso, é algo crucial para o desenvolvimento em massa dessa tecnologia, que vai alcançar a ideia do cloud pessoal.

Dentro deste conceito de eficiência, especialistas afirmam que provavelmente serão estabelecidos padrões para a computação em nuvem, o que vai facilitar a implantação da nuvem pessoal. Com o tempo, os serviços a serem disponibilizados na nuvem são correio eletrônico, comércio eletrônico, aplicações de Big Data e até editoração de textos. O objetivo é substituir as máquinas que temos hoje pela cloud pessoal.

Realidade

Segundo um estudo realizado recentemente, o volume de negócios relativos à tecnologia de cloud computing chegou a R$ 570 milhões somente em 2012. Em 2013, a estimativa é que este número aumente em 50%, já que a computação em nuvem está ganhando fôlego no país.