brillo

Google Brillo: sistema operacional de vestíveis

Brillo é o sistema operacional baseado em Android para atender os próximos dispositivos conectados da Internet das Coisas, personagens do mundo que o Google quer construir.

A empresa que já se lançou em diversos segmentos, como internet, automóvel, dispositivos móveis, música, eletricidade etc. No último Google I/O, anunciou Brillo, um sistema operacional a partir do Android para gadgets de baixa potência, com menos de 64 MB ou 32 MB de memória RAM, isso para permitir o desenvolvimento da Internet das Coisas.

Estamos falando do processador Cortex M, que permitiria respostas muito concretas de determinados aparatos conectados, como acender a luz da sua casa, ativar a proteção de uma porta ou ligar um sensor na sua casa.

Brillo é ainda mais simples que Android Wear. E a ideia do gigante é permitir sua integração com Google Now. Assim, um passo rumo ao futuro para comandar sua casa e pequenos objetos por voz, que seriam capazes de responder às suas ordens.

Brillo também terá seu código aberto e poderá ser modificado e adaptado por desenvolvedores, o problema consiste em convencer os fabricantes a adotarem hardwares compatíveis com o novo sistema.

Parece que o fraco desenvolvimento da Internet das Coisas está mais relacionado a brigas de fabricantes de olho em fatias do mercado do que a tecnologia disponível.