PSafe Internet

Google Chrome suga bateria de laptops consumindo até 25% mais da energia

Problema não tem solução imediata e especialistas recomendam a adoção de um novo browser para navegar na Internet

A bateria do seu notebook não dura muito? A culpa pode ser do seu navegador de internet, caso use o Google Chrome. É o que revela um colaborador da revista Forbes.

O problema está no sistema “system clock tick rate”, responsável pelo intervalo de acionamento de diferentes comandos do sistema operacional, usado para evitar o uso excessivo de energia e voltado a realizar tarefas que requerem grande poder de processamento.

O padrão do Windows trabalha com intervalo de 15,625 milissegundos. Porém, ao acionar o Chrome para navegar na internet, esta taxa baixa a 1 milissegundo, demandando o sistema operacional mil vezes por segundo, contra as 64 vezes pré-programadas, drenando a bateria do laptop e diminuindo a sua vida útil.

A mudança no tempo de acionamento do sistema operacional é normal. O PSafe Internet, navegador seguro da PSafe, que bloqueia anúncios e carrega páginas da web até duas vezes mais rápido que seus concorrentes, funciona de forma dinâmica, reduzindo o tempo de acesso ao sistema em casos específicos, como na visualização de conteúdo audiovisual, garantindo uma excelente exibição de vídeos, por exemplo.

O Chrome, por sua vez, não é inteligente e reduz o tempo de acionamento do sistema assim que aberto, podendo gerar um consumo até 25% superior da bateria do seu computador portátil do que o realmente necessário. Não comprometa a duração da bateria do seu laptop, mude já para o PSafe Internet, ele ainda suporta todas as extensões do seu antigo navegador.