rp_lentes-google-android_2014-03-28.jpg

Google quer lançar lentes de contato Android

Google ATAP, divisão da empresa responsável por pesquisa e desenvolvimento de novas ideias, deu entrada em mais um pedido de patente. Depois de apresentar o último protótipo em […]

Google ATAP, divisão da empresa responsável por pesquisa e desenvolvimento de novas ideias, deu entrada em mais um pedido de patente. Depois de apresentar o último protótipo em teste do Google Glass, a empresa solicitou registro de propriedade de uma lente de contato inteligente. Também fazem parte da lista futurística, Google Ara (personalização de celulares por meio da escolha de módulos de componentes e design, estilo peças lego) e Google Tango (combinação de câmera e sensores 3D capazes de recriar ambientes em 3D, similares ao modo como os vemos a olho nu).  

As lentes de contato inteligentes seriam usadas para controlar dispositivos móveis, como wearebles, celulares, tablets, televisão, carros, entre outros objetos da Internet das Coisas (Internet of Things, termo em inglês) por meio de piscadas. As lentes inteligentes terão sensores (luminosidade, pressão, temperatura, condutividade e campo elétrico) integrados e conectados entre si e ligados a um circuito e uma fonte de energia fora do campo de visão do usuário e seriam capazes de reconhecer as piscadas com grande precisão.

A ideia não é criar um novo produto para realizar processos, mas sim ter um dispositivo eficaz para controlar outros aparelhos eletrônicos por meio de conexão wi-fi. O seu uso é diversificado e, como exemplo, podemos citar o fato de os proprietários do Google Glass poderem tirar fotos piscando duas vezes. As lentes de contato inteligentes seriam carregadas por energia solar, térmica ou frequência de rádio e poderiam ter outras funcionalidades incorporadas, como leitores de níveis de açúcar no organismo e monitoramento de outras variáveis de saúde de quem tiver o produto.