rp_grafeno-futuro-celular_2014-05-19.jpg

O que é Grafeno e por que ele é importante para o Google, Apple e Samsung?

O Grafeno é o material do futuro, mas você sabe por que? Confira aqui o que é o Grafeno e como esse material pode ajudar as empresas no futuro.

Nem sempre quem ganha à dianteira vence a corrida, mas no mundo da tecnologia assumir o posto é um fator crucial. Ainda mais no mercado de telefones celulares, onde a competição do momento resume a um átomo chamado grafeno, cotado como um possível marco a próxima era dos dispositivos de próxima geração.

O grafeno é um das formas cristalinas do carbono, assim como o diamante e o grafite. Ele é resistente, leve, transparente e um excelente condutor de calor e eletricidade, o que permite a projeção de informações em sua superfície e o torna sensível ao toque.

Samsung , Apple e Google protagonizam a corrida em torno do registro de patentes com a nova tecnologia, ideal para a fabricação de dispositivos futuristas, como smartwatches flexíveis e smartphones transparentes e cada vez mais finos, tão apresentados em vídeos conceitos.

Mas o que é que o material e sua importância para as empresas de tecnologia ?

A resposta se resume a duas palavras: Domínio e vantagem. Que acumular o maior número de patentes relacionadas com grafeno deve ter em sua cartela de produtos os dispositivos mais poderosos do mercado.

Devemos notar que a venda de dispositivos portáteis deve crescer 14 vezes em cinco anos, segundo a previsão de analistas de mercado. “Algum dia nós estaremos em uma era onde os dispositivos móveis serão verdadeiramente flexível, fácil de dobrar e desdobrar . E a existência do grafeno será muito importante para transformar isso em uma realidade ", diz Claire Kim, analista sul-coreano.

Samsung na frente

A empresa sul-coreana tem 405 aplicações publicadas , de acordo com o Escritório de Propriedade Intelectual do Reino Unido. Já nos EUA , a empresa possui 38 patentes e pelo menos 17 aplicativos que usam a palavra " grafeno " registradas com o United States Patent and Trademark.

Do outro lado, a Apple tem pelo menos, dois pedidos de patente relacionados com o material nos os EUA, além empresas interessadas em patentear o termo.