rp_Heartbleed-Android-bug_2014-04-14.png

Heartbleed: Bug pode afetar milhões de gadgets com Android

Segundo confirmações da própria Google em um dos seus canais oficiais de comunicação, a falha de segurança conhecida como Heartbleed pode afetar, também, aparelhos que rodam o sistema […]

Segundo confirmações da própria Google em um dos seus canais oficiais de comunicação, a falha de segurança conhecida como Heartbleed pode afetar, também, aparelhos que rodam o sistema Android. Mas se você tem um celular com o sistema, não há muitos motivos para se preocupar.

A brecha foi percebida na versão 4.1.1 do Android, também conhecida como Jelly Bean, lançada em julho de 2012. O problema pode ser bem grave, uma vez que essa versão representa 34,4% de todos os aparelhos que rodam o sistema, totalizando cerca de 900 milhões de smartphones e tablets.  

O Google defende-se afirmando que menos de 10% dos dispositivos em funcionamento estão suscetíveis aos ataques. A empresa ainda afirmou que está encaminhando relatórios e memorandos com informações do prejuízo que pode ser gerado pelo Heartbleed às fabricantes que ainda comercializam celulares com Andoid 4.1.1.

O Heartbleed é uma falha  em um software usado por centenas de bancos, e-mails, redes sociais e lojas on-line de todo o mundo, e afeta o OpenSSL, uma biblioteca de código aberto, responsável por criptografar informações em servidores e manter seus dados seguros.  

A tecnologia é adotada por aproximadamente 2 em cada 3 servidores no mundo e a brecha é capaz de revelar nomes de usuários, senhas e conteúdo das mensagens criptografadas. Inúmeras empresas têm se posicionado sobre a falha e a organização responsável pelo protocolo já liberou uma atualização de segurança para combater a falha.