rp_honda_2014-07-16.jpg

Honda Smart Home – o lar que produz mais energia do que consome

Uma casa que produz mais energia que consome e ainda consegue recarregar o seu carro elétrico. O futuro já chegou!

Casa Honda produz própria energia e ainda recarrega o carro

Não é uma pegadinha. A casa inteligente da Honda é capaz de gerar, por meio de paineis solares, energia suficiente para se manter e ainda abastecer os carros elétricos.

Um grupo da UC Davis, Universidade da Califórnia, em conjunto com a Honda e a Pacific Gas & Electric, construiu a Honda Smart Home, a casa inteligente que promete não só revolucionar as formas de habitação convencionais como ser um forte aliado do meio ambiente.

A tecnologia aplicada no conceito consegue, ao mesmo tempo, reduzir emissões e fontes de poluição, produzir, administrar, distribuir e reaproveitar energia. Segundo a empresa, a casa é capaz de gerar um excedente de 2,6 megawatts/hora.

Casa contra o efeito estufa

A casa, que teve o início de sua construção em 2013, deverá servir de moradia para um membro da UC Davis, a ser escolhido, estará mobiliada e terá na garagem um veículo elétrico para deslocamento do morador. O projeto surge como boa alternativa nos EUA, onde carros e casas juntos são responsáveis por 44% da emissão dos gases que contribuem para o efeito estufa.

Na casa, o cérebro da operação é um sistema proprietário de gestão de energia (HEMS). Um sistema de hardware e software que monitora, controla e otimiza a geração e o consumo de energia  em todo microgrid. O sistema, que se completa com uma bateria de 10kw/hora,  armazena a energia gerada pelos paineis solares para usos noturnos.

Até mesmo o material utilizado para a construção da casa foi, digamos, com aspecto verde. Parte de cimento utilizado é originário de uma substância sustentável, a prozalana, resultado de acúmulo de cinza vulcânica, que necessita de menos calor para aquecer até virar cimento, contribuindo com a redução de gases.

A casa possui uma bomba geotérmica que permite aquecer – ou arrefecer – a água por um único sistema. A água aquecida é reservada em um tanque e distribuída para chuveiros. Quando chega ao ralo, é reaproveitada para reaquecimento da água fornecida pela companhia de abastecimento local, reduzindo assim a quantidade de energia necessária para um novo aquecimento.

Ao fim do processo, a água proveniente do chuveiro fica armazenada em tanques localizados abaixo do jardim. Uma vez ali, o resíduo é naturalmente aquecido pelo solo e, posteriormente, devolvido à residência. Isso permite gerar aquecimento e arrefecimento dos ambientes, pois o mesmo trabalho também é feito com a água fria.

A Honda estima que a casa colabore com uma redução de emissões de carbono equivalente a 5,9 kg ao ano, podendo chegar a 10,6 kg se considerado o veículo elétrico da residência.