usinas digitais

Inscrições abertas para o programa Usinas Digitais

Conheça o Usinas Digitais, programa de apoio aos desenvolvedores, onde o governo dá todo o suporte necessário para que projetos tecnológicos sejam feitos.

O ramo de desenvolvimento de software tem crescido muito no mundo, afinal, hoje quase tudo é digital. Além disso, o mundo da internet das coisas só tem se ampliado. Visando o futuro, o Ministério das comunicações lançou o programa Usinas Digitais. Este ano serão selecionados dois projetos para participar do programa.

O que é

O governo irá oferecer recursos, equipamentos e toda uma infraestrutura de ponta para a produção do projeto, além de uma verba de pesquisa e desenvolvimento. Com esse programa o governo irá estabelecer parcerias para incentivar projetos de inovação e desenvolvimento tecnológico, focando principalmente nos setores de aplicativos, música e som, jogos eletrônicos, audiovisual e visualização.

“O Usinas Digitais estimula toda a indústria brasileira de conteúdos digitais, dando os instrumentos para que ela dê um salto tecnológico e se transforme em referência no nosso país”, diz o ministro Ricardo Berzoini.

Como participar

Os interessados devem se encaminhar a proposta até 4 de setembro pelo Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse (SICONV) – www.convenios.gov.br.

Quem pode participar

  • Associações civis, sem fins lucrativos e que sejam legalmente responsáveis por Arranjos Produtivos Locais ou parques tecnológicos;
  • Instituições Federais (IF) ou de Ensino Superior (IES), pública ou privada, sem fim lucrativo e que tenha na missão institucional de executar atividades ligadas à inovação tecnológica e à pesquisa científica e tecnológica;
  • Órgãos do poder público estadual, distrital, municipal ou consórcio de municípios.

Fonte: Ministério das Comunicações

Seleção

A comissão de avaliação contará com dois representes do MiniCom, um do Ministério do Desenvolvimetno, Indústria e Comércio Exterior e dois de instituições convidadas. Projetos do Norte e Centro-Oeste terão pontuação maior em um dos critérios. Serão escolhidos dois projetos, mas os demais poderão ser beneficiados posteriormente, de acordo com a disponibilidade orçamentária.

Para mais informações entre em contato pelo usinasdigitais@comunicacoes.gov.br