iPhone perde espaço para Android também nos EUA

Relatório lançado esta semana revela que iPhone amarga queda na participação de mercado até dentro de casa

China, Europa e, quem diria, até Estados Unidos estão entre as regiões onde a Apple acaba de perder mais um pedaço do mercado de smartphones. É o que dizem os números da última edição do relatório da Kantar, empresa especializada em pesquisa de mercado, divulgado esta semana.

Leia mais: Android lidera vendas de celulares em dezembro de 2015

Segundo a pesquisa, só na China o índice de uso do iPhone caiu 3,2% no período de três meses que se encerrou em fevereiro de 2016. Nos principais mercados da Europa, que incluem Alemanha, Reino Unido, Espanha, Itália e França, a queda foi de 1,8%. Já nos EUA, casa da Apple, esse número chegou a 0,5% quando comparado com o mesmo período do ano anterior.

Android lidera e cresce com números expressivos

A estratégia de oferecer uma variedade maior de aparelhos, incluindo opções populares, e um sistema mais acessível permitiu ao sistema do Google conquistar com folga os mercados mais importantes do mundo. Comparando o desempenho do Android com o iPhone, o relatório da Kantar revela os seguintes resultados: crescimento de 3,4% na China, 6,7% na Europa e 3,3% nos Estados Unidos.

Os dados mais recentes permitem afirmar que 7 em cada 10 chineses e europeus e 6 em cada 10 norte-americanos têm um Android, o que confirma sua vocação como o sistema mais popular do mundo. Da Califórnia, a Apple torce para que o iPhone SE, opção popular recém-lançada, seja capaz de retomar o crescimento da marca mundo afora.