Jogar Counter-Strike no Android? Sim, é possível!

Programadores adaptam para Android o grande clássico dos games de tiros

Lançado em 1999, o Counter-Strike resiste bravamente entre os games de tiros favoritos de milhões de pessoas — e agora muito além das telas dos videogames e computadores pessoais. Quem tem um Android na mão já pode se aventurar com a versão mobile do jogo, disponível graças a um time de programadores que se dedicou a adaptar o título para smartphones, agora publicado no GitHub.

Leia mais: Google Play permitirá que usuário teste jogos antes de baixar

O trabalho, liderado pelo programador cazaque Alibek Omarov, resgata a versão 1.6, de 2003, mesclada a características visuais da versão anterior, de 2002. A justificativa, claro, é não sobrecarregar o sistema do telefone. Fazendo a adaptação a partir de uma versão mais antiga, que exige menos recursos, eles garantem que o acesso ao Counter-Strike no celular vai ser mais democrático, podendo chegar a mais pessoas.

Requerimentos

A instalação do Counter-Strike no Android é uma mão na roda para quem é fã deste best-seller em primeira pessoa e quer tê-lo disponível também no celular, mas alguns requerimentos precisam ser respeitados para que tudo rode numa boa. Além de ter o software Xash3D instalado, o usuário precisa ter o jogo na plataforma Steam.

O game não está disponível no Google Play, portanto, fique ligado: para baixar e instalá-lo, você precisa conhecer bem o funcionamento do sistema e como instalar APKs manualmente. Se não manjar do assunto, não se arrisque.

Para fechar, que tal dar um confere no gameplay?