MazarBOT: saiba como evitar nova infecção que ameaça Androids

Celulares do mundo todo já foram contaminados por app que toma o controle do aparelho e permite que criminosos tenham acesso e apaguem suas informações

Se a expressão “MazarBOT” ainda soa estranha para você, fique ligado, pois este é o nome da mais recente ameaça de segurança para usuários Android, capaz de assumir o controle do telefone, apagar dados e liberar o acesso de criminosos às suas informações, inclusive bancárias. O problema, que já infectou mais de 100 mil aparelhos na Europa, foi descoberto na semana passada, quando um grande número de pessoas reportou atividades suspeitas de um app que, apesar da aparência inofensiva, esconde diversas ameaças.

A contaminação se dá a partir de uma mensagem de texto que convida para o download de um aplicativo malicioso. Quem se deixa levar pelo convite acaba instalando o software falso, que toma o controle do telefone e permite que hackers o gerenciem a distância, driblem as configurações de segurança e tenham acesso às suas mensagens e dados, entre outras informações. Apesar disso, a boa notícia é que é fácil se prevenir da dor de cabeça com o MazarBOT, afinal, basta usar o celular com cautela.

Evitar a infecção é fácil

Quem tem o PSafe Total instalado no Android já conta com uma base de defesa atualizada, capaz de identificar a ameaça antes mesmo da instalação. Desta forma, os usuários são alertados se tentarem executar a aplicação maliciosa e têm a opção de barrar o ataque.

De qualquer forma, é bom ter bastante atenção, afinal, você é o primeiro e mais importante filtro contra ameaças e deve ter muito cuidado ao clicar em links enviados por números estranhos, por exemplo. Como os primeiros indícios dão conta de que o MazarBOT força a infecção do celular a partir de um convite enviado por SMS, é bom não se deixar enganar por mensagens suspeitas e também em e-mails, WhatsApp, sites e redes sociais.

Se não souber de quem vem, não clique. Essa é a regra de ouro. Se estranhar alguma coisa, confirme se a pessoa realmente mandou aquela mensagem para você, pois muitos vírus só conseguem disseminar suas infecções pelo fato de dispararem mensagens sem o consentimento dos donos dos aparelhos contaminados.

Seja cauteloso com os downloads

É importante baixar apenas aplicativos conhecidos e de fontes confiáveis e lojas oficiais, como o Total Apps (que você encontra dentro do próprio PSafe Total) e o Google Play, que só disponibilizam programas testados e aprovados em extensas análises de qualidade e segurança.

Além disso, lembre-se: o Android é o sistema mais visado por criminosos virtuais. Mantenha-o constantemente protegido de ataques, pois sempre vão encontrar uma nova maneira de infectar e roubar informações de quem não se protege.