rp_tecnologia-luz_2014-08-19.jpg

México será o primeiro a implementar rede de internet Lifi

México sai na frente e deve se tornar o primeiro país a utilizar a tecnologia Lifi, capaz de transmitir dados por meio da luz.

Tecnologia permite o envio de dados por meio da luz

Lifi, é o nome dado a tecnologia que utiliza ondas de luz como sistema de conexão, e que será implementado pelo México, sendo o primeiro país da América Latina a utilizar essa novidade tecnológica.

Para chegar a esse objetivo, engenheiros da empresa Sisoft trabalham num projeto chamado InternetLedCom, que planeja revolucionar a transmissão de pacotes de dados pelo meio do espectro da luz  emitida por lâmpadas de LED, superando a velocidade do atual sistema de conexão Wifi.

Vale notar que o LED funciona através de períodos onde os sinais emitidos ligam e desligam, gerando um fluxo simples de dados e de baixa velocidade, mas que ao se misturar transmitem milhões de sinais. O olho humano é incapaz de reconhecer esse processo porque acontece em questão de mano segundos.

Benefícios da tecnologia Lifi

Esse passo será realmente um avanço tecnológico, não só porque oferecerá uma velocidade 250 vezes maior que a atual (graças à capacidade do espectro da luz), mas também, porque funcionará em todo tipo de lâmpadas LED, levando internet aos aviões, campos militares ou áreas de difícil implantação de cabos.

“É internet nos postes de luz…Estamos falando do nosso primeiro projeto eletrônico, no qual acreditamos que terá um grande impacto social e econômico, pois entregará velocidades de navegação até 10 Gigabits por segundo (Gbps)”, afirmou Arturo Campos, diretor Geral da Sisoft México à rede CNN.

 O sistema permitirá, também, que qualquer via elétrica pública, comercial, escolar ou hospitalar se torne inteligente e possa ser usado como uma via de conexão, distribuindo sinal para toda área.

Espera se que em 2015 as casas, empresas e hospitais mexicanos contem com esta tecnologia,  um valor estimado de de US$ 45 a US$ 80 por mês.