header_PT_3008_microsoft_mecanismo_denunciar_assedio_online

Microsoft cria plataforma para denunciar preconceito

A empresa tornou mais fácil a denúncia de publicações ofensivas

O trabalho de uma das maiores empresas de tecnologia, a Microsoft, está tomando proporções sociais e humanitárias. Desta vez, a companhia resolveu facilitar a denúncia de comentários preconceituosos e assédio online em suas plataformas.

Leia mais: Instagram lançará filtro antiassédio para comentários

Numa aba específica na área de suporte do site oficial da companhia é possível dizer onde foi vista a publicação. Além disso, o usuário pode comentar se deseja ou não ser identificado por fazer a denúncia e opinar que atitude a empresa deveria tomar para corrigir a medida.

A página se limita a denunciar comentários que incentivem ódio à orientação sexual, intolerância religiosa, racismo, conteúdo que ofenda etnias ou deficientes físicos. A Microsoft faz parte da Comissão Europeia contra o assédio online, assim como Facebook, Twitter e Youtube.

A chefe de segurança online da Microsoft comenta que a nova medida tem como objetivo principal melhorar a qualidade e rapidez nas respostas aos comentários dos usuários e evitar que conteúdo ofensivo e proibido chegue ao consumidor.