rp_ello_2014-09-29.jpg

Não aguenta mais o Facebook? Mude para o Ello, rede social livre de anúncios

A nova rede vem crescendo na esteira da sua política de privacidade: não tem anúncios e, por isso, os usuários não precisam temer a venda de dados

A nova rede social vem crescendo na esteira da sua política de privacidade: não tem anúncios e, por isso, os usuários não precisam temer a venda de seus dados e informações a terceiros. A plataforma ainda em versão Beta atrai artistas e curiosos que buscam um ambiente simples, bonito e sem publicidade para compartilhar suas criações.

Novos recursos vêm sendo incluídos e uma lista de melhoras está à espera de implementação na nova rede social, mesmo assim, o sucesso é tão grande que já é possível encontrar gente vendendo convite para fazer parte do grupo, que não para de crescer.

A rede social tem layout parecido com o Tumblr e design minimalista, e os posts, ao menos nesta etapa inicial, são mais artísticos.

Você pode se atualizar de duas formas, seguindo seus amigos, em ordem cronológica para não perder nenhuma publicação, diferentemente do algoritmo do Facebook, ou o recurso ‘Noise’ para explorar novos mundos. Em ‘Discover’, você encontra perfis sugeridos e em ‘Busca’, você encontra seus amigos.

Nos planos da rede estão permitir bloquear usuários, marcar conteúdo inapropriado, compartilhamento de posts e com outras redes sociais e versão mobile: iOS e Android.

A rede precisa de convite para entrar. Você pode pedir o ‘Invite’ aqui ou descobrir algum amigo que esteja no Ello para te enviar o convite. Cada pessoa pode convidar até 5 pessoas. O link é enviado por e-mail.

O mais interessante da rede social é permitir perfil artísticos e fakes. O Ello não exige nome verdadeiro para cadastro e, como muitas iniciativas, começou a fazer sucesso primeiro entre o público LGBT. 

Aprenda a usar o Ello neste tutorial