Navegador Opera é hackeado e 1.7 milhão de senhas vazam

Saiba como se proteger da vulnerabilidade divulgada pelo navegador

Opera, um dos maiores navegadores da atualidade, deixou mais de 1.7 milhão de usuários vulneráveis por conta de uma invasão em seus servidores causada por hackers. As contas tiveram login e senha vazados recentemente.

Para remediar a situação a empresa pediu, através de um comunicado formal, que os usuários alterem seus códigos de acesso para evitar possíveis invasões de terceiros em suas contas.

Leia mais: Ataque de hackers dobrou em 30 dias

É importante ressaltar que o Opera Sync armazena dados do Facebook e Google. Porém, a companhia ressalta que as informações são criptografadas, impedindo a visualização por terceiros.

Para livrar seu celular de risco identifique e exclua vírus enviados por hackers. Clique no botão abaixo.

BOTAO_PT_antivirus_01 (2)