nos_por_nos

‘Nós por Nós’: app contra violência policial é arma para denúncias

Jovens criam aplicativo para denunciar a violação de direitos pelas autoridades nas favelas.

A Anistia Internacional disponibiliza em seu site um abaixo-assinado que luta pela causa do jovem negro e moradores de áreas periféricas. Em 2012, 56.000 foram assassinados no Brasil. Dessas vítimas, 30.000 têm entre 15 e 29 anos. Além disso, 72% dos moradores de favelas são negros, segundo o censo. Sendo assim, fica fácil entender quem é a maior vítima do estado: o jovem negro e pobre.

Casos onde a polícia abusa do poder são frequentes nos jornais e revistas do país. Jovens sofrem abordagens agressivas e a violação de direitos é frequente. Então, onde o estado não entra a população começa a agir por conta própria.

Uma equipe se juntou para criar o Nós por Nós, app que será lançado na próxima semana e denuncia ações abusivas cometidas por autoridades. A intenção é coletar dados para enviar aos órgãos de direitos humanos como a Justiça Global e Anistia Internacional.

O Fórum de Juventudes do Rio de Janeiro é quem responde pelo desenvolvimento do aplicativo. Nele, usuários podem enviar mensagens, fotos e até vídeos que comprovem a abordagem abusiva das autoridades. O Nós por Nós também disponibiliza notícias que informam os direitos dos cidadãos e oferecem oficinas. Você pode se inscrever neste link.

O app ainda não está pronto, mas em março seu projeto será finalizado e estará disponível para Android e iOS.