O fim dos apps obrigatórios do Google no Android, ou quase

Muitos apps pré-instalados incomodam os usuários Android por não poderem ser removidos. O Google finalmente retirou alguns da lista, liberando mais espaço.

Sabe aquele monte de aplicativos do Google que você não usa, mas também não consegue desinstalar do celular? Pois a gigante, finalmente, diminuiu essa lista.

Mesmo o Android sendo um sistema operacional livre, ou seja, as fabricantes podem mexer nele, uma regra é imutável: Para ter o Gmail e a Google Play é necessário instalar de fábrica inúmeros apps. Como nem todos são utilizados pelo público, mas ocupam bastante espaço da memória interna, são bem impopulares.

Alguns dos apps que deixarão de ser obrigatórios são Google +, Google Notícias e Clima, Livros e Google Play Games. Essa mudança deve garantir mais espaço livre para o usuário usar como quiser. Foco no deve, já que as fabricantes ainda podem manter a configuração com vários apps pré-instalados.

A Samsung já está aproveitando a novidade, tanto que o novo Galaxy Note 5, por exemplo, foi lançado sem o Google+. Se você pegar um aparelho sem esses apps, mas usar algum deles, não precisa se preocupar. Todos estão disponíveis para download na Google Play. A diferença é que agora você é livre para escolher.