plataform_war

O mercado deixou de ser mobile e passou a ser das coisas

Aquela história de mercado mobile virou passado. Hoje as marcas correm atrás da internet das coisas e isso virou a verdadeira guerra das plataformas. Veja!

A cada dia a guerra das plataformas fica mais intensa. Como se não bastasse a briga pelo mercado de smartphones, agora as três mais vendidas estão competindo entre si no mercado da internet das coisas (internet of things – IoT). Você acha que seu celular faz muito? Imagine ter ele sincronizado com a televisão, computador, fogão, carro… Enfim, tudo conectado, tornando o seu lar em uma casa inteligente. Isso não está tão longe quanto parece e é a aposta das grandes marcas para fidelizar os clientes. Veja abaixo a porcentagem de cada sistema nos smartphones e a estimativa para 2018 e conheça os projetos de cada um.

idc_smatphone_2014_2018

Android

Ah, o Android. Esse líder de mercado tem inúmeros apps para nos ajudar na vida. Já conta com os smartwatches que são desejados por muitos, mas ainda não muito utilizados, e lançou o Android Auto, também com pouca aderência até o momento. O sistema operacional está preparado para fazer sucesso com a internet das coisas, somente aguardando o público desejar consumir em grande escala. Inclusive, já tem no mercado a Android TV. E o mais importante de tudo, é possível conectar todos esses objetos com o seu smartphone. É como se o seu celular fosse um controle remoto universal, controlando tudo a seu redor e facilitando a sua vida.

Apple

A gigante não está longe nessa corrida. Antes do Android iniciar essa ideia ela já conectava o celular (iPhone), tablet (iPad) e computador (Mac) na nuvem. No entanto, com a internet das coisas ela precisou ir mais longe. Afinal, o mercado deixou de ser mobile e passou a ser das coisas. Hoje a Apple já conta também com a versão para TV (Apple TV) e carro (CarPlay). E não deve parar por ai.

Windows

Com o lançamento do Windows 10 a empresa pretende conectar todos os aparelhos, o que não acontecia antes, pois o PC não conversava com o Windows Phone, por exemplo. Além desses dois dispositivos, também tem o Widnows 10 IoT Core, voltado para os objetos inteligentes. Com ele será possível ter celular, computador e objetos aleatórios funcionando com a mesma plataforma e o melhor, conversando entre si através de aplicativos. Além disso, quem tem Android poderá baixar um ROM e testar o novo Windows sem precisar comprar um novo aparelho. O Windows 10 também já roda no Raspberry Pi, transformando objetos comuns em inteligentes.

Pelo visto essa corrida ainda vai longe. Afinal, se ganhar você em um, provavelmente vai te “obrigar” a comprar os demais objetos inteligentes com o mesmo sistema operacional. E não só você, mas toda a família. Só assim todos terão acesso as inúmeras coisas conectadas à internet e controladas pelo smartphone. Sem esquecer da segurança IoT, qual plataforma você prefere para conectar todos os seus objetos?