Lulu

O retorno do Lulu como um misto de aplicativos de sucesso

Lulu foi sucesso entre 2013 e 2014 e voltou para o Brasil com muitas novidades. Entra elas, o acesso liberado a homens e um pouco de outros apps.

O app Lulu voltou ao Brasil depois de ter sido removido em janeiro de 2014 e trouxe muitas novidades. A ideia principal do aplicativo se mantém: avaliar os homens (sentimental, personalidade, comportamento dentro e fora da cama, físico e mais) ANONIMAMENTE via nota e hashtag. Só que a fundadora, Alexandra Chong, resolveu incluir muitas outras funções. É como se ela tivesse feito uma lista do que funciona em cada app que bombou no país nos últimos meses e tivesse posto tudo num mesmo lugar.

Tinder

Assim como no Tinder, você pode escolher os homens por idade. No entanto o Lulu tem outras opções, como “Descobrir garotos”, “Os bons de cama”, “Garoto que eu conheço” e “melhor pontuação”. Você pode ver, avaliar e, se interessar, mandar uma mensagem anônima para conversarem. Também é possível marcar o perfil como favorito para receber atualizações dele. Quando aparece “Atualizado” no alto do perfil é porque ele ou uma garota fez alguma alteração no perfil, ou seja, tem novidade!

lulu tela 1

Happn

A ideia principal do Happn é você conhecer pessoas que estão próximas a você e o Lulu tem uma opção de buscar “Aqui por perto”. Além disso, na página principal, se a pessoa estiver perto de você, aparecerá uma tag “Perto” no alto da foto do perfil. Também é possível buscar por um nome a qualquer momento, basta clicar no símbolo da lupa. Você pode mandar uma mensagem para o gato de forma anônima e iniciar uma conversa. Tudo após ver as avaliações que ele recebeu, nota média, fotos que ele colocou no perfil e as # que ele escolheu para defini-lo. Dá para ter uma boa ideia antes de puxar papo, neh?

lulu tela 2

Secret

O Secret chegou fazendo sucesso e causando polêmica. Nele era possível fazer posts anonimamente com foto e texto. A ideia do app era você poder contar os seus segredos sem se revelar. E não só isso, os dos seus amigos também. Afinal, o app mostrava os segredos revelados pelos seus amigos, compartilhados por eles e até comentados por eles. Tudo sem identificar ninguém. Em 16 meses de funcionamento ele chegou a ter 15 milhões de usuários em todo o mundo e foi encerrado por decisão do fundador em abril de 2014.

Seguindo essa ideia, no Lulu tem a aba “Verdades Puras” com o símbolo de uma bomba (sugestivo, não?). Ali as pessoas podem postar suas verdades de forma anônima e receber comentários. A única diferença é que não é permitido foto, afinal, no Secret houveram casos de ciber bulling e publicação de fotos do coleguinha em momentos íntimos. Você também pode buscar por tipos de verdades e comentar nelas. Se quiser postar uma verdade toque no botão de “+” no canto inferior direito.

lulu tela 3

Conversas

Todos os apps de relacionamento que se presem têm um chat para os casais trocarem ideias e se conhecerem. A diferença dessa ferramenta do Lulu é que a mulher aparece de forma anônima. Só o homem que tem a foto e nome revelados. Então é conhecer o interior da pessoa mesmo, ao menos para o homem, afinal, a mulher já viu foto e avaliações. Durante a conversa você pode tocar nos três pontinhos no canto superior direito para ver as opções de avaliar, ver perfil, terminar conversa ou denunciar. Você pode iniciar uma conversa pelo perfil do rapaz e depois acompanhar pela aba “Conversas”.

lulu-tela-4

Configurações

Se você tiver problema com algum perfil é só clicar na bandeira no canto direito superior e escolher entre uma das três opções: “Não é um rapaz”, “muito jovem para o Lulu” ou “Ocutá-lo”. Já se quiser mexer nas configurações de notificação vá na aba “Notificações” e toque no símbolo abaixo dele, no formato de uma engrenagem. Ali você pode controlar o que irá aparecer como notificação na tela push do seu celular. Se não quiser receber notificação de algo, basta arrastar o botão correspondente para o lado esquerdo.

lulu-tela-5

Avaliações

Uma das características do Lulu é a avaliação por hashtags. Existem inúmeras, para bem e para mal, além das perguntas de múltipla escolha para dar a nota média do rapaz. Você pode escolher no próprio perfil do rapaz ou tocando em “Avaliar” para ver a lista completa. Também tem as hashtags que os homens escolhem para defini-los quando atualizam o perfil. Algumas são bem engraçadas e diretas. Os homens conseguem ver avaliações recebidas pagando ou se tiverem mais de 3 avaliações.

lulu-tela-6

O Lulu foi lançado em fevereiro de 2013 nos EUA e chegou no Brasil em novembro de 2014, sendo retirado do país em janeiro de 2014. Mesmo assim foi tempo suficiente para ter muitas adeptas, processos e, é claro, muita polêmica. Quanto tempo será que ficará dessa vez e será que terá o mesmo sucesso? Afinal, o sucesso foi por poder avaliar amigos e ex sem se expor e poder ser verdadeira, ou vingativa, nos comentários via hashtags pré definidas pelo app. Agora que o homem precisa se registrar, não se sabe se terá a mesma aderência que no passado.

Na primeira vez no país o acesso era via Facebook e os homens só conseguiam ver o próprio perfil para mudar a foto e sugerir hashtag, mas não acessavam as notas. Com a nova versão o login é pelo número do celular e os homens podem se cadastrar para ter o perfil avaliado. A única questão é que para ver as avaliações é necessário pagar. Isso mesmo. Mas podem escolher as # que melhor os definem, na visão deles, é claro. Também podem entrar em contato com as mulheres que os avaliaram, sempre com a mulher ficando anônima. E você, já experimentou o app?

Caso você tenha tido seu perfil adicionado por outra pessoa ou por você mesmo e deseje desativá-lo, basta completar os campos do link Remove Me com o país (Brazil +55) e o número do seu celular com DDD.