rp_smart-brasil_2014-10-23.jpg

Onde comprar celular na internet e como se proteger da pirataria

Listamos os melhores endereços para você visitar na hora de comprar seu smartphone

A quantidade de opções na hora de comprar um smartphone é muito grande. Encontrar o aparelho que desejamos, de acordo com o que estamos dispostos a pagar, pode ser uma tarefa difícil. Qual a melhor loja pra adquirir o produto? Como confiar no aparelho que estou encomendando pela internet? Em quais lojas mais posso confiar?

Como escolher o seu smartphone

Vamos começar a responder a essas perguntas a partir de agora. Com um pequeno levantamento do PSafe Blog, você ficará mais confortável na hora de escolher o seu dispositivo. Para isso, vamos utilizar alguns dos aparelhos mais populares como exemplo, dando algumas opções de lojas.

Começaremos pelo Moto G, smartphone mais vendido da história da Motorola. A sua versão de 16GB está saindo a R$ 799 no site da Shoptime. Ele pode ser parcelado em até dez vezes sem juros no cartão de crédito. Se preferir pagar à vista, no boleto bancário, o aparelho fica pelo valor de R$ 719.

O mesmo aparelho está com desconto no site da Fast Shop. O dispositivo da Motorola, que na loja originalmente é vendido também a R$ 799, agora está com o valor de R$ 674,70, ou três vezes iguais de R$ 233 no cartão de crédito.

Já no site da Ricardo Eletro, o Moto G está R$ 799. O cliente também pode parcelar a compra em até quatro vezes de R$ 199,75, sem juros, no cartão de crédito. Já o valor no boleto bancário cai para R$ 679,15.

Também é possível comprar direto na loja oficial da Motorola na internet. Lá, o aparelho também sai a R$ 799 no cartão de crédito. O cliente pode parcelar o valor em até dez vezes sem juros. No boleto, o desconto é de 5%: R$ 759,05.

Para quem quer melhor desempenho

Mas, se você procura um aparelho top de linha mercado, uma boa opção pode ser o Galaxy S5, da Samsung. A versão de 16gb, com câmera de 16 MP, está em promoção no site da Fast Shop: R$ 1.815,51. Também é possível parcelar a compra em 12 vezes de R$ 169,47 iguais. O cliente ganha 10% de desconto se pagar no boleto bancário: R$ 1.979,10.

Se preferir, também há a opção da versão mini do S5. Ele tem as configurações reduzidas em relação ao S5 tradicional. Mesmo assim, chega a ser melhor do que muitos aparelhos intermediários. No site do Walmart, por exemplo, ele está sendo vendido por R$ 1.549.

Seu gosto pode estar apontando para um iPhone. E uma boa pedida ainda é a versão 5S, de 16MB, com câmera de 8 MP. O Shoptime vende o produto a R$ 2.199. Ele pode ser parcelado em dezes vezes sem juros de R$ 219,90.

No site do Ponto Frio, o mesmo aparelho da Apple está sendo vendido por valor igual. O cliente paga R$ 2.199 à vista, ou pode dividir o aparelho em dezes vezes sem juros de R$ 219,90.  Se pagar no boleto ou no débito, porém, o valor cai para R$ 1.935,12.

Como se proteger dos celulares piratas

Um cuidado que deve ser tomado na hora de comprar aparelhos celulares é com os produtos piratas. Apesar de a Anatel ter apertado o cerco contra os chamados “xing lings”, criminosos estão sempre se reinventando para tentar enganar os consumidores. Então, fique ligado nas seguintes dicas para não cair no golpe:

– Antes de comprar qualquer aparelho, faça uma rápida busca no Google sobre o modelo, os preços em diversas lojas e todas as suas características.

– Porém, não confie apenas nessa busca. Foi apenas o primeiro passo. Produto com foto boa significa nada, pois 90% delas são ilustrativas, retiradas do site oficial do modelo que está sendo vendido, e não exatamente uma foto real do produto naquela situação. Portanto, não se iluda com imagens.

– Você conhece o site que pretende comprar o produto? Antes, tenha certeza se ele é de confiança. Dê uma rápida conferida no site do Procon para saber se ele está na lista negra formada por empresas que prometem um serviço e não cumprem.

– Se ele não estiver na lista negra, ainda assim desconfie, já que o site pode ter sido criado ontem, por exemplo. O CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoal Jurídica) é um dos requisitos básicos para uma empresa poder operar legalmente. Se a loja online na qual você está pretendendo comprar não tiver CNPJ, eis um bom motivo para ficar com o pé atrás. Mesmo porque isso significa que a loja não pode emitir nota fiscal, o que pode a envolver, por exemplo, em falsificação.

Para saber se o site tem CNPJ, basta procurar pelo número no final da página principal ou, em muitos casos, em campos como "Quem Somos", "Institucional", "Sobre a Loja". Se você souber a razão social do endereço, pode fazer uma consulta por nome no Serasa para saber se o CNPJ existe, ou ainda sobre a situação financeira da loja.

– Desconfie de preços muito baratos. Quando uma loja vende um aparelho com um valor muito diferente das demais, é possível que o produto seja pirata. Um iPhone 5S sendo vendido a R$ 149, por exemplo, dificilmente será original.

– O aparelho tem garantia, e de quanto tempo? A maioria dos produtos falsificados tem garantia máxima de três meses, enquanto produtos originais podem dar garantia de seis meses até um ano. Quando não existe uma garantia ou ela é muito curta, isso significa que o revendedor não tem garantia do fabricante, por não ter qualquer compromisso “legal” com o distribuidor.