header_PT_1710_onu_alerta_golpe_redes_sociais

ONU alerta Brasil sobre golpe em redes sociais

Perfis suspeitos de falsos funcionários da ONU adicionam usuárias para roubar dados

O ano ainda não acabou, mas a ONU já registrou mais de 75 reclamações de brasileiras só em 2016. O motivo? Elas querem saber se os homens que as adicionaram no Facebook são realmente funcionários da instituição internacional.

Leia mais: 5 dicas para não cair em golpes do Facebook

Os golpistas criam perfis no Facebook ou Skype e adicionam brasileiras. Em seguida, fazem amizade, criam um relacionamento durante um período mais longo e conseguem a confiança das vítimas. Em muitos casos, os criminosos solicitam que a vítima envie seus dados pessoais e até endereço para que possam se encontrar durante as férias.

Em depoimento, algumas vítimas declaram que enviaram não só suas informações, como também dinheiro. A ONU já avisou que esta pode ser uma estratégia de grupos criminosos para programarem atentados e, até mesmo, conseguirem visto para o Brasil.

Para não sofrer com estes golpes é importante cuidar de suas redes, login e senha. Evite adicionar pessoas desconhecidas e passar informações pessoais como conta bancária e endereço. Ao detectar um problema conte para as autoridades responsáveis.