rp_virus-destrutivo_2014-06-17.jpg

Conhece os maiores vírus de todos os tempos?

Leia nesse post a história dos vírus mais famosos que surgiram durante anos e que prejuízos causados por eles.

Considerados os maiores vilões da história da informática, ao longo do tempo os vírus foram sofrendo mutações e se tornaram cada vez mais agressivos e temidos pelos usuários de computador.

Os vírus começaram a ser difundidos por motivos diversos, principalmente pelo aumento do número de usuários de PCs e o interesse em baixar novos jogos a partir de programas de autorreplicação. Neste cenário, é que dois irmãos criaram o primeiro vírus de computador. O vírus de boot que infectava o setor de inicialização do disco rígido e sua propagação era feita por meio de disquete.

O mais famoso deste tipo de vírus é o Vírus Stoned. “Seu computador está agora apedrejado”. Esta era a temida mensagem que ninguém gostaria de receber em seu PC, mostrando que a máquina tinha sido infectada. O maior número de infecções ocorreu nos anos 90 e houve seis variantes do tipo. Não se sabe o número total de máquinas que foram infectadas.

Michelangelo

Foi o primeiro vírus a ser divulgado na mídia. Sua aparição data de 1991 e é apontada por especialistas como responsável pelo maior aumento do número de vendas de antivírus. Chegou a atingir 20 mil usuários.

Melissa

Apareceu em 1999 e foi o primeiro vírus a ser projetado para se propagar de computador para computador sem a intervenção do usuário. Estima-se que tenha causado prejuízos de US$ 1 bilhão.

I love you

Também conhecido como ‘Love letter’ foi registrado em 2000, nas Filipinas, e em poucas horas atingiu cerca de três milhões de máquinas nos EUA e Europa, causando prejuízos de US$ 8,7 bilhões.

Zeus (Trojan)

Descoberto em 2007 quando tinha sido utilizado para roubar informações de um departamento público dos EUA, o Zeus é usado para roubar informações de contas bancárias. Em 2009, foi revelado que o trojan havia infectado cerca de 74 mil clientes de empresas bancárias e financeiras.

Somente na Inglaterra, em 2010, o Zeus causou um prejuízo de US$ 900 mil ao invadir e roubar cerca de três mil contas. As queixas, que são contabilizadas e investigadas pelo FBI em parceria com Internet Crime Complaint Center, chegaram a 336.655. E as perdas totais somaram a US$ 559.7 bilhões.