Pais estão batizando filhos com nomes de filtros do Instagram

O que, afinal, leva os pais de hoje a buscarem na tecnologia a inspiração para os nomes dos seus bebês? E qual filtro do Instagram você usaria para o seu?

Se você achou que já tinha visto tudo sobre tendências para nomes de bebês, vai ficar surpreso com uma situação que tem sido observada com frequência cada vez maior nos Estados Unidos. Lá pelas bandas do Obama, acredite, um número crescente de pais tem batizado seus pequenos com nomes inspirados em filtros do Instagram.

Entre os líderes do ranking estão Lux, Ludwig, Amaro e Reyes para os meninos, e Juno, Valencia e Willow para meninas, como mostra o site americano BabyCenter.com, que publica um relatório anual sobre popularidade de nomes de batismo nos EUA.

Outros casos de bebês presenteados com nomes tecnológicos já circularam pela mídia. Tem gente por aí se chamando Apple, Dell, Lara Croft, Like, Link, Pixel e até Facebook. Curioso, né?

Que tendência é essa?

Afinal de contas, o que leva pais a usarem referências que pensávamos que nunca poderiam dar nome a uma criança?

Há quem acredite em gente buscando seus 15 minutos de fama, falta de inspiração ou, simplesmente, associando a tendência ao fato de que os pais de hoje já são de uma geração que nasceu inserida no mundo tecnológico e que esses não passam de nomes que podem, sim, agradar aos ouvidos.

E você, qual filtro do Instagram usaria para nomear o seu bebê? Eu ficaria com Slumber!