pirataria-tor

Pirataria audiovisual incombatível na rede torrent

Retirar sites de pirataria do ar não reduz problema, aponta pesquisa.

Pesquisa do Centro Comum de Investigação da Comissão Europeia joga um balde de água fria na indústria criativa, que diversas vezes acionou a justiça para derrubar sites de distribuição de conteúdo via torrent, como forma de estancar os prejuízos causados pela pirataria digital.

O resultado aponta que a prática é incapaz de combater o problema e às vezes até contraproducente. Os resultados contra a pirataria são momentâneos e de curto impacto. No período de bloqueio a sites ilegais, o aumento de compra legal é de apenas 2,5%. Então, se os custos de ataques e repressão são considerados, o trabalho tem efetividade nula.

Os resultados de tirar sites do ar são imediatos, mas não se perduram, e o nível de pirataria com o tempo volta a patamares convencionais, com a distribuição de conteúdo em sites e servidores diferentes. Parece que a única forma de estancar as perdas do setor é investir em educação do consumidor, já que vagas nas prisões para tantos usuários que fazem download ilegal não é viável, não é mesmo? E você, baixa conteúdo ilegal na internet?